Como mensagem oculta em canção colombiana deu esperança a sequestrados pelas Farc

Natalia Gutiérrez
A cantora e atriz Natalia Gutiérrez foi uma das intérpretes da canção

Com sua melodia cativante e sua letra intensa, a música Mejores Días (Dias Melhores) estourou nas rádios colombianas no verão de 2010. Mas a música continha uma mensagem oculta, que seus criadores só puderam revelar depois que arquivos secretos sobre o seu verdadeiro significado foram abertos ao público.

Essa mensagem oculta ofereceu conforto e esperança a centenas de pessoas sequestradas e mantidas presas por grupos guerrilheiros, no período em que o país esteva mergulhado em uma guerra civil entre o governo e grupos rebeldes.

Durante os 50 anos de intensos conflitos armados na Colômbia, os dois lados cometeram sérias atrocidades.

No início dos anos 2000, os sequestros tornaram-se uma importante estratégia de financiamento das Farc. O tribunal de justiça de transição da Colômbia estima que 21.396 pessoas tenham sido sequestradas ao longo do conflito.

Os principais alvos costumavam ser policiais e soldados do Exército. Acorrentados em acampamentos secretos na floresta colombiana, as condições enfrentadas pelos sequestrados podiam fazer qualquer pessoa perder a esperança.

As missões de resgate eram perigosas, devido ao terreno montanhoso. E houve reféns, como o hoje major-general aposentado Luis Herlindo Mendieta Ovalle, que passaram anos em cativeiro. Ele foi mantido refém das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) entre 1998 e 2010.

Rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em 1998
Rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em 1998. O acordo de paz com o governo colombiano só foi assinado em 2016

"A malária era um problema", ele relembra. "Os carrapatos estavam em toda parte. Quando você se sentava ou tentava dormir, as formigas andavam em cima de você."

"Havia também os fungos", segundo ele. "Com a umidade, os fungos cresciam nas suas partes íntimas e não tínhamos remédios para o tratamento."

'Mensagem de esperança'

Na época, o coronel José Espejo era oficial de comunicações do Exército colombiano. Ele sabia como a motivação das tropas era importante para o sucesso de uma operação de resgate.

"Queríamos desesperadamente oferecer aos reféns militares algo que pudesse apoiá-los, uma mensagem de esperança que mantivesse seu espírito e resistência, para que eles pudessem considerar a possibilidade de escapar, se houvesse oportunidade", afirma ele.

The British Broadcasting Corporation

Para enviar essa mensagem, ele decidiu abandonar as regras e entrar em contato com o CEO (diretor-executivo) de uma agência de publicidade, Juan Carlos Ortíz. A campanha antidrogas de Ortíz, financiada pelo governo colombiano, havia recebido um prêmio pela sua inovação - mas também atraiu a atenção das Farc, que tinham o comércio de cocaína como uma lucrativa fonte de renda.

Ortíz recebeu ameaças de morte das guerrilhas e precisou fugir para os Estados Unidos com sua família para começar uma nova vida. Mas ele e sua equipe decidiram enfrentar o desafio de idealizar uma forma de levar uma mensagem de esperança para os reféns.

E foi em uma reunião com representantes do Exército que surgiu a ideia.

"Eles nos disseram que os soldados colombianos aprendem código Morse no seu treinamento inicial", ele conta. "Nós pensamos, 'muito bem, como podemos nos comunicar com eles por código Morse?' Foi um momento verdadeiramente iluminado."

José Espejo e Alfonso Díaz
José Espejo e Alfonso Díaz: somente com a libertação dos reféns, meses e anos depois da primeira transmissão, foi possível confirmar que a mensagem da música 'Mejores Días' chegou até eles pelo rádio

Com o cativeiro no meio da floresta e as comunicações com o mundo exterior quase impossíveis, o diretor de criação da agência, Alfonso Díaz, afirma que eles só poderiam fazer contato com os reféns pelo rádio.

"Naquela época, um jornalista chamado Herbin Hoyos, que ajudou vários reféns, havia criado um programa [de rádio] chamado Voces del Secuestro (Vozes do Sequestro)", ele conta, "para ajudar a reduzir a sensação de isolamento e transmitir mensagens dos entes queridos para as pessoas no cativeiro."

Hoyos também havia sido sequestrado pelas Farc e morreu de covid-19 em 2021, aos 53 anos de idade. Seu programa foi transmitido por anos e serviu de conforto para muitas pessoas. Parecia o local perfeito para começar a transmissão da mensagem.

Díaz conta que eles pensaram em incluir o código Morse em uma brincadeira. Os pontos e traços pareceriam encobrir palavrões, mas isso foi considerado inadequado. Foi quando ele teve a ideia de usar uma música.

O produtor de áudio Carlos Portela conta que, inicialmente, eles pensaram em usar um animado ritmo local - o vallenato - ou uma salsa, mas perceberam que isso poderia fazer "a mente do ouvinte divagar".

Eles então decidiram usar uma música sentimental, com letra emotiva, para ajudar os reféns a fazer a ligação entre a música e a mensagem em código Morse oculta na canção. Díaz e Portela foram os autores da letra.

"A letra de Mejores Días fala de coração, da resiliência e da resistência que os sequestrados devem ter para conseguir seguir adiante e não se desesperar quando estiverem sozinhos", explica Díaz.

'Você é o próximo'

Eles contaram com o apoio do cantor de rock Angelo, que havia ficado conhecido pela sua participação na versão colombiana do programa de TV The X Factor, e da cantora e atriz Natalia Gutiérrez.

Portela e o compositor, produtor e engenheiro de som Amaury Hernández fizeram pesquisas sobre o código Morse, incluindo a quantidade de palavras que uma pessoa pode decodificar por minuto. Eles decidiram, então, usar um sintetizador na gravação para ajudar a camuflar os sinais de telegrafia.

Uma simples mensagem escolhida pela equipe foi inserida em três pontos diferentes da música: "19 pessoas resgatadas. Você é o próximo. Não perca a esperança."

Em 2010, depois de oito meses, a música estava pronta para ser transmitida pelo programa de Hoyos. Ela ultrapassou a fronteira das emissoras comerciais e foi executada em mais de 130 estações de rádio rurais em toda a Colômbia.

"Milhões de pessoas ouviram a música Mejores Días, mas não era este o nosso objetivo", explica Ortíz. "O sucesso para nós estava em números pequenos e específicos. Eram os poucos escolhidos que a ouvissem e a compreendessem."

O general Mendieta havia sido resgatado no mesmo ano e ajudou na missão. Ele compareceu a programas de TV ao vivo, pedindo aos rebeldes que as pessoas sequestradas tivessem acesso ao rádio, para servir de companhia.

"Alguém disse certa vez que 'quem tem um livro não está sozinho'", ele conta. "No nosso caso, era 'quem tem um rádio não está sozinho'."

A execução da música no rádio, entretanto, trazia o risco de que as Farc também decodificassem a mensagem escondida.

Mas, "se você considerar que os reféns enfrentavam a possibilidade de morrer na floresta, longe das suas famílias, correr o risco na área da comunicação era válido e importante", afirma o coronel Espejo.

Somente quando os reféns começaram a ser libertados nos meses e anos seguintes, foi possível ter retorno sobre o sucesso da música. O coronel Espejo conta que um refém resgatado disse, em avaliação psicológica, ter ouvido a mensagem em código Morse e repassado seu significado para os colegas sequestrados.

"Quando chegou a notícia de que a música tinha funcionado, comecei a andar pela rua com uma sensação de alegria tão grande que não conseguia parar de sorrir", conta Portela.

'Minha família não sabia'

Grande parte da equipe de produção só divulgou seu envolvimento na produção da música pouco tempo atrás.

"Você acredita que minha família não sabia?", conta Gutiérrez. "Nunca disse nada a eles por anos devido à cláusula de confidencialidade."

Leão de Ouro do Festival de Cannes
A equipe de criação de 'Mejores Días' ganhou o Leão de Ouro do Festival de Cannes, na França, pela canção

A música também rendeu um prêmio de prestígio para sua equipe de criação: o Leão de Ouro do Festival de Cannes, na França.

Desde que Mejores Días foi ao ar pela primeira vez, o cenário político na Colômbia sofreu mudanças significativas.

As Farc assinaram um acordo de paz histórico com o governo colombiano em 2016. Milhares de antigos rebeldes foram desmilitarizados. Mas o país ainda enfrenta a violência de outros grupos armados e a disseminação do tráfico de drogas.

A Colômbia ainda tem um longo caminho pela frente para enfrentar muitas das atrocidades cometidas durante o conflito armado, inclusive pelo Exército. Por isso, para o agora aposentado coronel Espejo, a música tem também um sabor amargo.

Mejores Días, enraizada no passado, segue também sendo um hino para o futuro.

* Ouça o documentário do Serviço Mundial da BBC (em inglês) "Colombia's Life-Saving Pop Song" ("A música pop colombiana que salvou vidas", em tradução livre), produzido por Anna Miles, no site BBC Sounds.