Como a nova presidência do Congresso vai influenciar governo e política

Bruno Góes e Julia Lindner
·1 minuto de leitura
Agência O Globo

BRASÍLIA - Além de controlarem a pauta de votações no Congresso, item essencial para as pretensões eleitorais do presidente Jair Bolsonaro, os presidentes da Câmara e do Senado têm o poder de instalar Comissões Parlamentares de Inquérito, influenciar no comando de colegiados, escolher os relatores de propostas relevantes e definir a contratação de servidores em cargos de confiança.

No comando de orçamentos bilionários, ambos os presidentes podem indicar diretamente centenas de cargos. Na Câmara, o dirigente tem poder na escolha de cerca de 700 servidores, que poderão, por sua vez, contratar ainda outros 3 mil colaboradores, entre cargos de função comissionada e cargos de natureza especial.