Como o reajuste dos combustíveis impacta a inflação e o bolso

Os reajustes da Petrobras têm impacto direto no bolso do consumidor. No caso do diesel, esse aumento será de ao menos R$ 0,63 por litro. Na gasolina, o consumidor vai sentir pelo menos o litro R$ 0,15 mais caro. Esse aumento corresponde apenas a parte da margem de lucro da estatal, sem incluir a revenda. Por isso, o peso na bomba costuma ser ainda mais forte. No IPCA, o índice oficial da inflação, o aumento de 5,18% na gasolina e de 14,25% no diesel deve ter o impacto diluído entre os meses de junho e julho, avalia o economista André Braz, do IBRE/FGV. No ambiente político, o reajuste provocou a ira do presidente Jair Bolsonaro e de aliados do governo no Centrão, que defendem a instalação uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o presidente da Petrobras, José Mauro Ferreira Coelho, seus diretores e o conselho administrativo e fiscal da estatal. O que, segundo especialistas, pode provocar ainda mais instabilidade no ambiente político e econômico, e pressionar o dólar. Já o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) André Mendonça determinou que as alíquotas do ICMS dos combustíveis devem ser uniformes em todo território nacional. Além disso, ele cobrou que a Petrobras explique, num prazo de cinco dias, quais são os critérios adotados para reajustar os preços dos combustíveis. No Ao Ponto desta segunda-feira, Luiz Roberto Cunha, professor do departamento de Economia da PUC-Rio, avalia qual será o impacto na inflação do reajuste da Petrobras, mesmo com a proposta de redução das alíquotas do ICMS, fala sobre a crise no governo e como o ambiente político prejudica ainda mais o campo econômico, e explica quais são as perspectivas de aumento de preços para os próximos meses.

Publicado de segunda a sexta-feira, às 6h, nas principais plataformas de podcast e no site do GLOBO, o Ao Ponto é apresentado pelos jornalistas Carolina Morand e Roberto Maltchik, sempre abordando acontecimentos relevantes da atualidade. O episódio também pode ser ouvido na página de Podcasts do GLOBO. Você pode seguir a gente em plataformas como Spotify, iTunes, Deezer e também na Globoplay.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos