Como o sexo de coelhos atrapalhava as gravações dos Telletubies

Rafael Monteiro
·1 minuto de leitura
Telletubies: um fenômeno infantil dos anos 1990 (reprodução)
Telletubies: um fenômeno infantil dos anos 1990 (reprodução)

O programa Telletubies foi um dos maiores fenômenos infantis dos anos 1990. Em entrevista ao HuffPost UK, o intérprete de Dipsy, John Simmit, revelou alguns detalhes do turbulento e exaustivo bastidores da série - que inclui desde mau cheiro dos atores a sexo de coelhos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

De acordo com o ator, os coelhos gigantes vistos na série, da raça Flemish, eram visto como causadores de problemas, já que "se acasalavam tão regularmente que as cenas precisavam ser interrompidas e refeitas para evitar que transas indesejáveis fossem ao ar”.

Leia também:

Além disso, Simmit sofria com o figurino do seu personagem, o Telletubie verde. “Correr com um traje verde brilhante, com três pedras dentro [cerca de 12 quilos] e com 2,5 metros de altura no verão não é divertido’’, disse ele.

“Eu sentia como se tivesse fazendo seis papeis ao mesmo tempo. Você tinha que rolar para cima e para baixo nas colinas, agachar, pular e abraçar. Você tinha que fazer parecer que era divertido quando na realidade era um treino exaustivo", completou.

Além de pesada, a roupa ainda tinha mau cheiro. “Quando estávamos sem fantasia, você tinha que virar o rosto para o outro lado e falar conosco à distância porque estávamos fedendo e suando tanto que você poderia nos bater’’, revelou o ator.

Apesar das dificuldades, Simmit vê o trabalho feito na série com carinho. “Quando você pensa nos Teletubbies, você pensa neles da mesma forma que pensaria em velhas férias com amigos", analisou.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube