Como Pelé quebrou um dedo de Sylvester Stallone durante um filme

Rafael Monteiro
·2 minuto de leitura
(L-R) Actor Sylvester Stallone getting pointers fr. soccer great Pele during filming of motion picture Escape to Victory.  (Photo by John Bryson/The LIFE Images Collection via Getty Images/Getty Images)
Pelé dá dicas de futebol para o goleiro de ocasião Sylvester Stallone; astros contracenaram juntos em "Fuga Para a Vitória" (1981) (Photo by John Bryson/The LIFE Images Collection via Getty Images/Getty Images)

Resumo da notícia:

  • Sylvester Stallone teve um dedo quebrado após tentar defender um pênalti de Pelé durante as gravações de "Fuga para a Vitória" (1981)

  • O ator desmereceu o chute do brasileiro, eleito o Atleta do Século passado: 'É futebol, qual é o problema? É fácil'.

  • O filme reuniu ainda outros astros do cinema e do futebol numa trama que mostrou Pelé e Stallone como prisioneiros de tropas nazistas

O filme "Fuga para a Vitória" (1981) conseguiu a façanha de unir estrelas do cinema e do futebol. Com Sylvester Stallone e Pelé como protagonistas, o longa acabou virando um filme cultuado com o tempo pelo elenco peculiar e pelas histórias de bastidores. Você sabia, por exemplo, que Stallone teve um dedo quebrado pelo atleta do século passado durante as gravações?

A revelação foi feita pelo intérprete de Rocky Balboa e Rambo em entrevista recente à BBC sobre o seu novo filme, "Grudge Match". "Esse foi um dos pontos baixos da minha vida. Que chute eu levei! Ainda estou com um dedo quebrado por tentar defender um pênalti de Pelé", contou o ator estadunidense, antes de dar detalhes do acidente de gravação.

Leia também:

"Ele calçou um par de sapatos da Segunda Guerra Mundial, com ponta de aço, e a bola era como uma bala de canhão, tinha o dobro da espessura e do peso das bolas de futebol de hoje", disse. "Ele estava me dizendo que ia chutar e eu pensei: 'É futebol, qual é o problema? É fácil'.", completou. Stallone acabaria pagando o preço por desmerecer o esporte bretão. 

"Ele veio para cobrar um pênalti e me disse exatamente onde iria colocá-lo, então eu fiquei lá, mas a bola passou por mim antes que eu pudesse me mover. Ele colocou exatamente onde tinha dito. Ele fez de novo, e isso rasgou a parte de trás da rede e quebrou uma janela no quartel onde estávamos filmando. Eu perguntei: 'Você está brincando comigo?", finalizou. 

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

O filme

(L-R) Michael Caine, soccer great Pele, and Sylvester Stallone at a party celebrating the 7/16 opening of the film
Michael Caine, Pelé e Sylvester Stallone em cerimônia de lançamento de "Fuga para a Vitória" (1981) (Getty Images)

O longa de John Huston mostra Pelé e Stallone como prisioneiros de guerra. Sob os olhares das tropas nazistas, eles articulam um plano de fuga para o intervalo de uma partida de futebol decisiva contra os inimigos. 

Além de Stallone (que atua como goleiro no filme) e do maior jogador brasileiro de todos os tempos, o filme conta com a presença de Michael Caine e outros astros do futebol, como Bobby Moore, Osvaldo Ardiles e Kazimierz Deyna.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.