Como será a cobertura do Globo na Copa do Catar

Acompanhar análises de todas as partidas em tempo real, saber detalhes do que se passa no Catar, jogar games informativos sobre a Copa, escalar sua seleção brasileira jogo a jogo, saber as probabilidades de qual será a final do Mundial ao fim de cada dia e entender por onde o gol sairá nos jogos do dia seguinte. Tudo isso — e muito mais — será possível para quem acompanhar a cobertura do GLOBO da Copa do Mundo de 2022, no Catar.

Guia interativo da Copa do Mundo: saiba tudo sobre os 831 jogadores que disputam o Mundial do Catar

Copa para leigos: GLOBO responde 15 dúvidas sobre o mundial para quem não entende nada de futebol

Com mais de 40 profissionais envolvidos, sendo quatro deles em Doha, capital do país-sede, o jornalismo do GLOBO já se prepara há algum tempo para o evento. Games, como o que permite ao leitor escalar a seleção brasileira titular ou adivinhar grandes jogadores do Mundial apenas através do penteado marcante (“Copa, cabelo e bigode”), já estão no ar no site, e ganharão mais companhia em breve.

Além de conhecer as histórias dos 831 jogadores convocados, logo o leitor poderá saber as chances das seleções avançarem até a final. Ou acompanhar, dia a dia, de acordo com os estatísticos do Departamento de Matemática da UFMG, qual o adversário mais provável do Brasil no torneio, no “Bola de Cristal da Copa”.

— A cobertura de uma Copa já não aceita mais que simplesmente contemos o que aconteceu. Na maneira como o esporte é consumido hoje, o leitor quer saber até o que vai acontecer, ou pelo menos as chances disso — conta Thales Machado, editor de Esportes que coordena a cobertura na redação. — Além da “Bola de Cristal”, diariamente ele encontrará em nosso site um levantamento mostrando como o gol vai sair em cada partida. Claro que é uma previsão, mas a gente acostuma acertar nos grandes jogos.

Cobertura in loco

Quem vai conferir de perto se os dados estarão certos é a equipe que chegou na noite de ontem ao Catar, formada pelos repórteres Diogo Dantas — que está em Turim com a seleção brasileira —, Tatiana Furtado e Bruno Marinho, além de Renan Damasceno, que coordena a reportagem por lá.

— A importância de uma cobertura in loco na Copa é ter a oportunidade de compreender diferentes culturas e ver como pessoas de diferentes partes do mundo conseguem conviver harmonicamente de uma forma respeitosa. É um desafio prazeroso traduzir isso em texto, imagens e fazer o leitor compreender como uma Copa do Mundo envolve componentes que vão além do futebol — conta Renan.

Visão feminina do Catar

Para ajudar na tradução disso tudo, o GLOBO contará com novos colunistas. Mesmo que a tradução seja em português de Portugal. O lusitano Luís Castro, técnico do Botafogo, que até o início do ano vivia em Doha, onde treinava o Al-Duhail, time local, trará o seu conhecimento do futebol mundial para a cobertura.

Há mais reforços. O jornalista Guga Chacra, especialista em temas relacionados ao Oriente Médio, escreverá aos domingos. Na quarta, será a vez de Paulo César Vasconcellos, comentarista do SporTV e jornalista com longa experiência em Copas. Eles se juntam aos nomes que você já está acostumado a ler, alguns deles com uma coluna a mais por semana, além de participação nas análises em tempo real no site.

A repórter Tatiana Furtado, em sua quarta Copa in loco, incluindo uma feminina, também assina uma coluna semanal. Ela contará sobre os desafios de se cobrir uma Copa em um país com histórico complicado em relação aos direitos das mulheres.

Projetos independentes sobre esportes estarão presentes. O “Copa Além da Copa” trará para o GLOBO, em forma de texto, as threads e podcasts que relacionam esporte, política, cultura, história, arte e sociedade com o futebol. Com recortes continentais, mas com pegada parecida, o “Impedimento” contará as histórias sul-americanas, enquanto o “Ponta de Lança” joga luz sobre a África. Já com a “Footure”, o foco será a tática. Grupo de produção de conteúdo, eles produzem análises e consultorias para grandes atletas, clubes e agentes do país, e estarão no site e nas páginas do jornal.