Como viagens, festas e falta de cuidado levaram a 'tsunami' de covid-19 na Índia

A média móvel de novos casos de covid-19 na Índia aumentou quase 20 vezes em dois meses, o que está causando sobrecarga nos sistemas de saúde de algumas cidades. Em 14 de fevereiro deste ano, o país tinha, em média 11.199 novos casos diários da doença. Dois meses depois, no entanto, o número subiu para 219.155. O pico da média móvel na primeira onda de infecções do país, atingido em setembro de 2020, foi de 93.198 novos casos, menos da metade da quantidade de infectados que o país registrou no último dia 18. Entre janeiro e fevereiro de 2021, o número chegou a cair para menos de 20 mil casos diários, e regras de distanciamento social foram flexibilizadas. Além disso, uma nova cepa é apontada pelos especialistas como uma das responsáveis pela crise atual. Agora, a Índia enfrenta as consequências, com casos escassez de remédios essenciais, leitos de UTI e oxigênio se espalhando pelo país. Confira no vídeo.