Companheira de time de Simone Biles relata apoio antes e após desistência da atleta

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Antes que Simone Biles optasse por não disputar mais as provas individuais gerais da ginástica artística, as amigas de time tentaram dar todo apoio emocional. A maior estrela dos Jogos Olímpicos revelou preocupações com a saúde mental.

"Eu estava lá por ela, torcendo, e tentei dizer: 'Veja, você sabe fazer tudo isso. Esta é você, é seu momento e estamos todas com você'", disse a ginasta Jordan Chiles, ao programa norte-americano "Today".

Na entrevista, a atleta também deixou claro que logo entendeu as razões de Simone e, por isso, a apoiou da mesma forma. Sem dar muitos detalhes de que como a texana está, Chiles revelou que a amizade se fortaleceu ainda mais nesse momento de fragilidade.

"Eu realmente não posso dizer muito, até porque Biles é que precisa contar a própria história. Mas tudo que sei é que vou apoiá-la não importa a situação. Eu sou colega de time e melhor amiga, como ela diz. Este é o momento que eu penso que realmente entendi como nos tornamos ainda mais próximas. Nós somos correr ou morrer. Estarei para sempre ao lado dela".

Chiles aproveitou para rebater a onda de hate que Simone Biles recebeu nas redes sociais.

"Seja lá o que estejam tentando colocar na mente dela, mas Simone não é uma desistente. Ela é quem ela é por uma razão. Você nunca verá Simone simplesmente sair e não fazer o que ela sabe que pode fazer".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos