Companhia espanhola Swiftair será julgada por acidente da Air Algérie em 2014

·2 minuto de leitura
(Arquivo) Perícia reúne evidências no local do acidente do voo AH5017 da Air Algerie na região de Gossi, no Mali, em 29 de julho de 2014

Sete anos após o acidente do voo AH5017 da Air Algérie no Mali, a companhia aérea Swiftair, proprietária do avião, será levada a julgamento por "homicídios involuntários", acusada de "negligência" no treinamento de seus pilotos, informou na quinta-feira (7) à AFP uma fonte próxima ao caso.

A aeronave McDonnell Douglas MD-83 da empresa espanhola foi fretada com tripulação pela Air Algérie.

Em 24 de julho de 2014, o avião que realizava o voo Uagadugu-Argel caiu no Sahel, no norte do Mali, com 110 passageiros, incluindo 54 franceses, 23 burquinenses, libaneses, argelinos e seis tripulantes, todos espanhóis.

No meio da noite, em zona intertropical com tempestades, a falta de acionamento do sistema anticongelante causou a desaceleração dos motores, sem a devida reação da tripulação, até a queda fatal.

Em um documento de 109 páginas, datado de 18 de maio e consultado pela AFP, os juízes do setor de acidentes coletivos do tribunal de Paris seguiram as recomendações da Promotoria e decidiram que a empresa deveria comparecer ao tribunal.

Isto porque não forneceram “uma formação suficiente à tripulação”, o que os levou a não perceber “os parâmetros dos motores” e a não ter uma “reação apropriada”.

A companhia de Madrid, criada em 1986 e que possui uma frota de cerca de cinquenta aeronaves, negou qualquer responsabilidade desde que começou a ser investigada em 29 de junho de 2017.

“Isso permitirá que a empresa Swiftair seja finalmente ouvida, sobre o que já foi objeto de uma investigação completa e definitiva na Espanha, que terminou com a absolvição”, disse a advogada da empresa, Rachel Lindon, ao ser questionada pela AFP.

Este argumento é colocado em dúvida pelos magistrados franceses, que consideram a decisão da justiça espanhola "provisória" e não definitiva.

bl/gd/lbx/nm/eg/mb/ic/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos