Composição do metrô pega fogo em Triagem; Linha 2 funciona parcialmente

Um incêndio tumultuou a volta para casa de quem estava na Linha 2 do metrô. Por volta das 19h, uma densa fumaça tomou conta da estação de Triagem, na Zona Norte. Registros feitos nas redes sociais mostram fumaça na parte de dentro da plataforma e também saindo pelos escapes de ar da estação. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo já foi controlado. Uma mulher teve ferimentos leves e foi liberada logo após atendimento no local.

— Foi horrível. Eu estava no vagão anterior e parece que o da frente entrou em curto. A gente viu a fumaça do lado de fora do vagão e começou a se desesperar, todo mundo correndo do vagão que estava com problema pro outro para tentar sair, mas as portas não abriam — disse a passageira Thamy Rodrigues — Tava todo mundo muito assustado. Começaram a falar que os estalos eram tiro e teve empurra-empurra. Uma senhora caiu e foi pisoteada — afirmou.

O comerciante André Fernandes desceu às 20h na estação de triagem, 40 minutos a mais do que de costume.

— Geralmente, por volta das 19h15 ou 19h20 eu estou chegando por aqui saindo da Barra da Tijuca. A gente até vê esse tipo de notícia, mas comigo ainda não tinha acontecido nada parecido. O metrô parava e ficava 5 minutos numa estação, depois, na próxima, passava outros 10… — afirmou.

Apesar da confirmação dos Bombeiros, o MetrôRio diz que "não houve incêndio no trem. Houve uma avaria elétrica, que causou uma fumaça. As causas estão sendo apuradas. A composição já foi retirada do local e os intervalos estão em processo de normalização".

Segundo a concessionária, houve um corte de energia no trecho entre Maria da Graça e Maracanã, por conta de problemas técnicos em uma composição na estação Triagem. Por conta disso, a circulação da linha 2 ocorre parcialmente entre Botafogo e Maracanã nos dois sentidos. Os passageiros estão recebendo o bilhete Siga Viagem para continuar o trajeto em outros meios de transporte. As linhas 1 e 4 operam com intervalos irregulares.