"Compre vacina, não compre cloroquina, presidente", diz Omar Aziz a Jair Bolsonaro

·2 minuto de leitura
Brazilian Senators Omar Aziz looks on during a meeting of the Parliamentary Inquiry Committee (CPI) to investigate government actions and management during the coronavirus disease (COVID-19) pandemic, at the Federal Senate in Brasilia, Brazil May 25, 2021. REUTERS/Adriano Machado
Omar Aziz, presidente da CPI, respondeu a uma postagem feita pelo presidente Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), criticou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), após ser atacado por Bolsonaro nas redes sociais. Aziz aconselhou que o presidente "compre vacina, não compre cloroquina". 

A resposta de Aziz foi feita após o senador ser informado sobre uma postagem de Bolsonaro nas redes sociais. O presidente da República compartilhou a imagem de um projeto de lei que havia sido sugerido por Omar Aziz. O texto sugeria a tipificação do crime de "prescrição de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais sem comprovação científica" e médicos poderiam ser presos por até 3 anos. 

Leia também

Omar Aziz afirmou retirou o projeto de lei antes da postagem do presidente, após ser aconselhado por amigos profissionais da Saúde. 

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

"Antes de passar, senador líder do presidente Bolsonaro, Fernando Bezerra, eu fui lá ao toalete e fui informado pela minha assessoria que o presidente Jair Messias Bolsonaro postou um projeto que eu tinha dado entrada que, hoje quando cheguei ao meu gabinete eu mandei retirar. Porque muitos profissionais de saúde, amigos meus, disseram: 'Omar, é melhor você analisar bem, isso vai prejudicar a gente'. E eu faço autocrítica naquilo que eu acho que estou errado. E retirei a pedido de vários médicos", disse Omar Aziz. 

"Então, presidente, não perca seu tempo, ou quem quer que seja nas suas redes sociais, de postar esse projeto, porque esse projeto já foi retirado bem antes de o senhor postar esse texto no seu Twitter. Perca seu tempo ligando para lideranças políticas internacionais para comprar vacina, perca seu tempo em salvar vidas, presidente", respondeu. 

Omar Aziz ainda recomendou que Bolsonaro usasse as redes sociais para indicar o isolamento social e alertar sobre o perigo da covid-19. "Não precisa descer tanto para vir criticar um simples projeto. Porque eu, como ser humano, como cidadão e como político, naquilo que eu erro, naquilo que eu me equivoco, eu faço autocrítica", continuou. 

"E ainda dá tempo de você fazer autocrítica. Compre vacina, não compre cloroquina, presidente", finalizou. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos