Concessionária de trens de SP é multada em R$ 3,6 milhões após falhas em série

***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 02/03/2022 - Linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, operadas pela ViaMobilidade. (Rivaldo Gomes/Folhapress)
***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 02/03/2022 - Linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, operadas pela ViaMobilidade. (Rivaldo Gomes/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Secretaria de Transportes Metropolitanos voltou a multar a ViaMobilidade, concessionária das linhas de trens 8-Diamante e 9-Esmeralda, de São Paulo, em R$ 3,6 milhões por falhas como abertura de portas do lado contrário à plataforma, desrespeito à sinalização de via e questões contratuais.

Em março, a empresa já havia sido multada em outros R$ 4,3 milhões após a instauração de processo administrativo por descumprir procedimentos operacionais e interromper a prestação do serviço.

Segundo a secretaria, a concessionária apresentou defesa, que está sendo analisada.

O total de penalidades por não cumprimento contratual chega a R$ 7,9 milhões.

"A STM é responsável pelo monitoramento e acompanhamento de todas as concessões feitas pela pasta. Os trabalhos são feitos pela Comissão de Monitoramento das Concessões e Permissões, que exige a qualidade nos serviços prestados de acordo com os contratos vigentes", diz o órgão em nota.

A ViaMobilidade assumiu as linhas 9-esmeralda e 8-diamante em 27 de janeiro. Desde o início da concessão, as linhas apresentam uma série de falhas, com interrupção na circulação de trens e até mesmo o choque de uma das composições com barreira de contenção na estação Júlio Prestes (região central).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos