Condenado por matar ex-mulher e enteado foge de fórum antes de receber sentença no ES

Condenado por matar ex-mulher e enteado foge de fórum antes de divulgação de sentença no ES - Foto: Reprodução/TV Gazeta
Condenado por matar ex-mulher e enteado foge de fórum antes de divulgação de sentença no ES - Foto: Reprodução/TV Gazeta

O homem suspeito e agora condenado pelo duplo homicídio que tirou a vida da ex-mulher e do filho mais velho dela, Vitor Bening, em 2016, no município de Vila Pavão, fugiu do Fórum de Nova Venéci, Noroeste do Espírito Santo, antes que a sentença de 42 anos, na noite desta segunda-feira (3).

De acordo com a PM, no momento em que o juiz se reuniu com os advogados e integrantes do júri popular para fazer a somatória dos votos e dar a condenação final, o réu, José Antonio Basto, hoje com 37 anos, saiu da sala de julgamento junto com familiares e pessoas que acompanhavam o júri, o que é normal nesse momento. O júri se reunia para decidir a sua sentença pelo duplo assassinato.

O homem não estava na cela e nem algemado. Ele entrou em um carro e fugiu.

Segundo a Polícia Militar, no momento que estava ocorrendo a votação do caso, o réu se misturou com parentes e conhecidos e saiu pela porta principal do fórum.

De imediato foi informado ao juiz da vara criminal que presidia o julgamento, ao promotor de justiça e aos oficiais de justiça.

Buscas foram feitas na região, mas José Antonio não foi localizado.

O homem foi condenado a 42 anos de prisão e é considerado foragido. Ele não pode recorrer da decisão em liberdade.

O crime

José Antonio foi condenado pela morte da ex-mulher Nauva Bening, de 34 anos, e o filho dela, Vitor Bening de 18 anos. O duplo assassinato foi em agosto de 2016 em Vila Pavão.

Mãe e filho foram mortos a tiros dentro da casa onde moravam. Uma menina de sete anos, filha de Nauva, presenciou o crime. Foi a criança quem pediu socorro aos vizinhos. Um mês depois do crime, José Antonio foi preso na Bahia.