Confiança de outros países nos EUA aumentou após guerra na Ucrânia, aponta pesquisa

A maioria das populações dos países aliados dos Estados Unidos passou a ver Washington como um parceiro confiável desde o início da guerra na Ucrânia, indica uma pesquisa internacional divulgada nesta quarta-feira.

A pesquisa foi feita em 18 países pelo Centro de Pesquisa Pew, e também mostrou que as opiniões negativas sobre a Rússia aumentaram desde que Moscou invadiu a Ucrânia em fevereiro.

Ucrânia domina comunicação sobre guerra, e aliados ocidentais não reclamam

Ucrânia esconde dos EUA sua estratégia de guerra por temer espiões russos e vazamento de informações

Na Suécia, que deixou de lado uma antiga política de neutralidade militar e se candidatou à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) logo após a invasão no final de fevereiro, 84% dos consultados disseram que os Estados Unidos são um parceiro confiável, um salto de 21 pontos percentuais em relação ao ano anterior.

Ganhos significativos também foram observados na Coreia do Sul, onde 83% consideraram que os Estados Unidos são confiáveis, com alta de 25 pontos percentuais, e Canadá, com alta de 16, para 84%.

Outros países que viram aumentos na percepção de confiabilidade dos Estados Unidos incluem Alemanha, Austrália, Bélgica e Reino Unido.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, lidera esforços internacionais para ajudar a Ucrânia, e enviou bilhões de dólares em armas e ajuda humanitária para Kiev, além de impor duras sanções econômicas para punir a Rússia.

Forças da Rússia conquistam posições e ficam perto de dominar toda a província de Luhansk

As avaliações mais favoráveis tanto dos Estados Unidos quanto do próprio Biden são da Polônia, que está na linha de frente do apoio à Ucrânia. Cerca de 91% dos poloneses veem os Estados Unidos de forma favorável, e apenas 2% têm opiniões positivas sobre a Rússia. Visões favoráveis sobre a Rússia eram de 33% entre os poloneses em 2019.

Grécia e Malásia foram os únicos países pesquisados onde menos da metade do público vê os Estados Unidos positivamente, com o número na Grécia caindo 15 pontos percentuais desde 2021 para 48%.

A pesquisa foi realizada entre 23.484 adultos em 18 países entre 14 de fevereiro e 11 de maio.

Segundo o Pew, nos últimos dois anos, suas detectaram fortes preocupações em países de economia avançada sobre a saúde da democracia americana. Em 2021, mais da metade da das pessoas consultadas na maioria dos países pesquisados disse que a democracia nos EUA costumava ser um bom exemplo para outras nações seguirem, mas que o deixara de ser.

Segundo o instituto, a pesquisa deste ano revela um consenso sobre a política polarizada dos Estados Unidos: grandes maiorias em quase todos os países pesquisados dizem que "há fortes conflitos entre pessoas que apoiam diferentes partidos políticos nos EUA".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos