Confira como cada deputado votou na análise sobre a prisão do deputado Daniel Silveira

Filipe Vidon e João Paulo Saconi
·1 minuto de leitura

BRASÍLIA — Por 364 votos a 130, a Câmara dos Deputados manteve nesta sexta-feira a prisão do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ), detido em flagrante na última terça-feira por decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), após ter publicado um vídeo insultando, de forma violenta, membros da Corte.

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), sinalizou nos últimos dias que a Casa manteria a prisão. Líderes do Centrão concluíram que não valia a pena comprar uma briga com a Corte por conta do bolsonarista, considerado radical e isolado em suas posições. A oposição também se uniu contra ele.