Confira dez dicas para fazer compras seguras nesta Black Friday, segundo a Febraban

A Black Friday acontece oficialmente na próxima sexta-feira (dia 25), mas a temporada de promoções no varejo já começou, com a antecipação de muitas ofertas. Diante de tanta propaganda de lojas físicas e virtuais, os consumidores ficam tentados a renovar a casa ou o guarda-roupa e a comprar logo os presentes de Natal, mas é preciso tomar alguns cuidados para garantir que a compra seja real, que o produto chegue e que não haja grande prejuízo ao bolso.

A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) lembra que, nesta época do ano, crescem as ações de criminosos que criam páginas falsas de e-commerce para enganar os consumidores. Além disso, muitos compradores recebem e-mails, SMS ou mensagens de WhatsApp com promoções inexistentes. Isso sem contar a criação de perfis falsos que investem em mídia para aparecer em páginas e stories das redes sociais.

Os criminosos aproveitam o momento de euforia e utilizam a chamada "engenharia social", manipulando o usuário por meio de uma abordagem sedutora, para que ele forneça dados pessoais, número de cartão e senha, por exemplo.

Segundo Adriano Volpini, diretor do Comitê de Prevenção a Fraudes da Febraban, os bandidos "usam a tática da urgência, dizem que há uma grande oportunidade de compra com valor muito vantajoso e pedem que o pagamento seja feito naquele momento para que o cliente não perca o produto". Por isso, desconfie sempre dessas supostas facilidades.

Diante disso, a Febraban listou dez cuidados que garantem compras seguras. Confira: