Confira o dia dos candidatos à Presidência da República

No 19º dia de campanha, 11 os candidatos à Presidência da República participaram de atos públicos, em várias cidades do país. Os candidatos usaram as redes sociais para divulgar suas propostas, mas também foram para a rua, conversar com as pessoas e fazer discursos, neste sábado.

Ciro Gomes, do PDT, participou de caminhada em Serra, no Espírito Santo. No evento, ele destacou a importância de criar soluções para o trabalho informal no país e para a cobertura previdenciária e aposentadoria dos trabalhadores sem carteira assinada. "Hoje, 50 milhões de brasileiros estão vivendo de bico. Sabe o que é isso? É 70 (horas), 50 horas de trabalho quando lei manda trabalhar 44 (horas). É uma semana de trabalho sem o dia remunerado de descanso para ir ao templo orar ou para a igreja rezar. É não ter férias, tirar de sol a sol de janeiro a dezembro sem poder parar para ficar com a família e os filhos", disse.

O candidato a presidente pelo Novo, Felipe D’Avila, fez campanha, neste sábado (3), em Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul, onde participou de caminhada. No início da tarde teve um almoço com candidatos do partido, no Salão da Igreja Espírito Santo. O fim da agenda foi um jantar com correligionários e apoiadores em Porto Alegre.

O candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), divulgou em suas redes sociais um vídeo da sua participação no evento Mulheres pela Vida, em Novo Hamburgo (RS), no Vale do Sinos. No evento, Bolsonaro reforçou a defesa da política de flexibilização do acesso a armas de fogo. "A arma é uma garantia que você, com sua família não sofra uma violência dentro de sua casa", disse. O evento contou com a presença de milhares de mulheres, com bandeiras do Brasil e vestidas de verde e amarelo. Bolsonaro chegou ao Rio Grande do Sul, ontem, quando participou da abertura da 45ª Expointer.

O candidato a presidente pela Unidade Popular pelo Socialismo (UP), Leonardo Péricles, escolheu Aracaju para fazer campanha neste sábado (3). No fim da manhã, participou de caminhada até o Mercado Central Albano Franco, onde cumprimentou comerciantes. No início da tarde participou de um bate papo com apoiadores durante feijoada na ocupação João Mulungu. De lá, seguiu para um corpo a corpo e uma caminhada na Maloca-Quilombo urbano. A agenda deixou para o último compromisso do dia um comício, à noite, em encontro com candidatos do partido na sede da UP na capital sergipana.

O candidato à presidência pelo PT, Luiz Inácio Lula da Silva, prometeu neste sábado (3), durante agenda de campanha no Maranhão, que vai recriar o Ministério das Mulheres. "Vamos recriar o Ministério das Mulheres e nós vamos criar o Ministério dos Povos Originários, para que a gente possa ter pessoas sendo marginalizadas também com ministério”, disse, em conversa com quebradeiras de coco, em São Luís. O candidato pelo PT também assumiu o compromisso de garantir fortalecimento de cooperativas de crédito e produção para melhorar as condições famílias que sobrevivem da produção de babaçu.

O candidato Pablo Marçal, do Pros, participou de uma caminhada na Rua 44, em Goiânia, e um "adesivaço" na Arena Passseio, na mesma cidade. Ainda em Goiás, na cidade de Rio Verde, fez mais um "adesivaço". Na agenda, também está uma palestra às 18h30. “Embora tenhamos passado momentos turbulentos em nossa candidatura, cada vez que recebo de vocês esse carinho, me recordo do por quem estou lutando. Me sinto amado por vocês e vou honrar esse amor lutando por ver cada brasileiro prosperando”, publicou em suas redes sociais.

A candidata pelo MDB, Simone Tebet, visitou a Usina da Paz, em Cabanagem, na periferia de Belém, e elogiou o trabalho feito no local, ressaltando que a iniciativa deveria ser replicada pelo país. Ela reforçou também que pretende criar o Ministério Nacional da Segurança Pública. "Também é preciso fazer o dever de casa e atuar na prevenção. O projeto das Usinas da Paz é um exemplo desse tipo de política que dá certo. É um espaço que abriga desde quem precisa de um documento como também acolhe uma criança, oferecendo esporte, lazer e cidadania". À tarde, em São Paulo, ela participou da 17ª Feira Internacional de Tecnologia em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade (Reatech), na Expo Imigrantes.

A programação de campanha da candidata a presidente pelo Partido Comunista Brasileiro (PCB), Sofia Manzano, neste sábado (3), foi em Goiás. A agenda começou em um encontro com mulheres candidatas no estado. À tarde fez um pronunciamento virtual no encontro de cristãos pelo socialismo e depois participou da comemoração pelo aniversário da União da Juventude Comunista, na praça do relógio, em Taguatinga, no Distrito Federal.

A candidata do partido União Brasil, Soraya Thronicke, reservou o sábado para fazer campanha no estado de São Paulo. Começou o dia com uma caminhada e um corpo a corpo com eleitores em Barueri. À tarde, já em Itapevi, participou da cerimônia de inauguração da Organização Não-Governamental (ONG) Ser Amor. O último compromisso do dia foi em Cotia, onde se reuniu com ativistas da causa animal, e com o advogado e vereador de São Paulo, Felipe Becari, e com o advogado Rafael Saraiva.

A candidata à presidência da República pelo PSTU, Vera Lúcia, recebeu a imprensa e participou de uma plenária com militantes e apoiadores durante a tarde em Curitiba. Ela voltou a apresentar propostas de combate à fome e enfatizou a necessidade da realização de reforma agrária, para acabar com a concentração de terras nas mãos de poucos e garantir a produção de alimentos para a população. “A reforma agrária é uma medida central para acabar com a fome no Brasil. Menos de 1% das propriedades agrícolas é dona de quase metade da área rural brasileira, aponta o estudo 'Terrenos da desigualdade: terra, agricultura e desigualdades no Brasil rural’, da Oxfam Brasil. A concentração de terras nas mãos da burguesia tem origem histórica, remonta ao período colonial, com o latifúndio e o trabalho escravo”, disse.

O candidato a presidente pela DC, José Maria Eymael (Constituinte Eymael), não tem compromissos oficiais de campanha divulgados para este sábado (3).

*Colaboraram Heloísa Cristaldo, Flávia Albuquerque e Cristina Indio do Brasil. 

Matéria atualizada às 18h17.