Confira os vencedores da Superterça democrata, estado por estado

Joe Biden conta com o voto dos negros no processo de primárias democratas

O ex-vice-presidente Joe Biden abriu uma forte vantagem sobre o senador Bernie Sanders após as votações da 'Superterça' dos democratas, chave na corrida pela pela indicação do partido para enfrentar o presidente Donald Trump nas eleições de novembro.

Entre os 14 estados em jogo, a imprensa americana projetou até agora oito vitórias para Biden, que arrebatou a parte sul do país, onde teve um apoio esmagador dos negros.

O ex-vice-presidente venceu Massachusetts, reduto eleitoral da senadora Elizabeth Warren, que até agora não obteve nenhuma vitória nessas primárias.

O esquerdista Sanders tem três vitórias até agora: Vermont, um estado do nordeste do qual é senador, Colorado e Utah, a oeste. Ele perdeu em Minnesota e Oklahoma, onde superou facilmente Hillary Clinton em 2016.

Mas os maiores prêmios da noite ainda estão por vir: Califórnia, onde o chamado "socialista-democrata" é o grande favorito, e o Texas, onde também pode sair vencedor.

Um total de 1.357 delegados da convenção democrata estão em jogo nesta "Superterça", cerca de um terço do total nacional. São necessários pelo menos 1.991 para obter a candidatura presidencial.

Biden, que tem o apoio do establishment de seu partido, também parece ter se beneficiado do apoio de seus ex-adversários moderados Amy Klobuchar e Pete Buttigieg, que desistiram de seguir nas primárias na véspera da disputa dos 14 estados que foram às urnas na terça.

Abaixo está um resumo dos estados conquistados por Biden e Sanders.

BIDEN:

Alabama

Arkansas

Minnesota

Carolina do Norte

Oklahoma

Tennessee

Virgínia

Massachusetts

SANDERS:

Colorado

Utah

Vermont