Confirmado no Catar, Canarinho Pistola não poderá ir aos jogos da seleção; saiba o motivo

Além dos 26 convocados por Tite, quem também está confirmadíssimo no Catar para apoiar a seleção brasileira é o famoso "Canarinho Pistola". Mas, para tristeza do torcedor brasileiro que se acostumou a se divertir com as brincadeiras do bravo mascote, o Canarinho não poderia assistir aos jogos do Brasil dentro de campo.

Ao contrário do que acontece nas eliminatórias para a Copa, que são organizadas pela Conmebol, na Copa do Mundo não é permitido que os mascotes fiquem no campo de jogo por determinação da Fifa.

Sempre com uma feição brava dentro de campo, com a ideia de representar a "bravura do povo brasileiro", o mascote é febre entre os torcedores brasileiros.

Mas nem sempre o mascote da seleção foi, de fato, "pistola". Criado em 2016, o Canarinho teve sua primeira aparição em público com uma feição bem sorridente. No entanto, pouco tempo depois, em outubro, o sorriso deu lugar à seriedade atual e que caiu nas graças da torcida.

Inclusive, foi justamente depois de ser abraçado pelos brasileiros que o mascote ganhou, de fato, o nome "Canarinho Pistola", uma vez que as suas primeiras aparições começaram sem ser anunciadas.

Conforme explica a CBF, o Canarinho Pistola foi inspirado nos mascotes que fazem sucesso em ligas como a NBA. Um "primo famoso" do Canarinho, por exemplo, é o Benny, mascote do Chicago Bulls.