Conflito reacende em Nagorno-Karabakh

A frágil trégua em Nagorno-Karabakh volta a tremer após, esta quarta-feira, novos combates terem causado a morte de um militar azeri e dois soldados arménios.

Com conversações de paz a decorrer depois da guerra de 2020, o Azerbaijão anunciou ter tomado várias posições e destruído alvos inimigos.

A Rússia acusou já Baku de violar o cessar-fogo alcançado há cerca de dois anos, acrescentando que os seus soldados de manutenção da paz deslocados na região procuravam “estabilizar” a situação.

Em resposta ao conflito que se reacende na região separatista, a União Europeia (UE) pede o "fim imediato" das hostilidades e apela à Rússia e ao Azerbaijão que regressem "à mesa das negociações".

.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos