Conflito: Secretário-geral da ONU anuncia visita à Rússia e à Ucrânia

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, irá à Rússia na próxima semana, onde será recebido por Vladimir Putin antes de ir para a Ucrânia dois dias depois, onde se encontrará com o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky.

"Na terça-feira, 26 de abril, o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, chegará a Moscou para conversar com o chanceler russo, Sergey Lavrov. Ele também será recebido pelo presidente Vladimir Putin", informou o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, nesta sexta-feira (22).

A ONU confirmou posteriormente a visita, que marcará o primeiro encontro entre Guterres e Putin desde o início da ofensiva russa na Ucrânia.

O chefe da ONU visitará a Ucrânia, onde "terá uma reunião com o ministro das Relações Exteriores, Dmytro Kuleba, e será recebido pelo presidente Volodymyr Zelensky em 28 de abril", acrescentou a organização em comunicado.

Guterres também planeja se reunir com as equipes das agências locais da ONU "para discutir o fortalecimento da ajuda humanitária para os ucranianos".

Ele enviou cartas ao presidente Putin e a seu colega ucraniano Volodymyr Zelensky nesta terça-feira (19), pedindo que fosse recebido em Moscou e Kiev.

ONU à margem

Desde o início da invasão russa na Ucrânia, em 24 de fevereiro, a ONU foi colocada à margem no conflito, entre outras coisas em razão da ruptura causada por esta crise entre os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança, de que Moscou faz parte com Washington, Paris, Londres e Pequim.


Leia mais

Leia também:
França vai fornecer canhões e mًísseis antitanques à Ucrânia
Moscou admite querer controlar todo o sul e leste da Ucrânia; ONU vê “possíveis crimes de guerra"
Casos de estupros coletivos por soldados russos se multiplicam na Ucrânia

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos