Conflitos entre gangues no Haiti estão a ganhar intensidade

As guerras entre gangues no Haiti estão a ganhar força nos últimos dias. Ouvem-se constantes tiroteios na capital, Porto Príncipe.

Em nove dias, foram dadas como feridas, mortas ou desaparecidas mais de 470 pessoas. Os números são das Nações Unidas, que denunciam também crimes de abuso sexual a mulheres e crianças.

"Foram também relatados graves incidentes de violência sexual contra mulheres e raparigas", escreveu a ONU num comunicado.

A Universidade do Haiti suspendeu as aulas esta semana depois de vários tiros terem sido disparados para o interior do edifício.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos