Confrontos entre a polícia argentina e apoiantes de Kirchner

Na Argentina, milhares de apoiantes de Cristina Kirchner entraram em confrontos com a polícia. Os momentos de tensão tiveram lugar junto à casa da vice-presidente argentina, em Buenos Aires, capital do país. De acordo com os meios de comunicação argentinos, há registo de mais de dez polícias feridos.

As manifestações dos apoiantes de Kirchner aconteceram em várias cidades argentinas, este sábado, e vêm na sequência do posicionamento do procurador-geral argentino que pediu, na semana passada, 12 anos de prisão para a governante.

Recorde-se que a vice-presidente é acusada de estar envolvida num esquemade corrupção e negligência, que terá lesado o estado em mais de mil milhões de dólares, durante o período em que foi Presidente do país.