Congresso Mundial de Arquitetos, que aconteceria em julho no Rio, é adiado por causa do coronavírus

Belas Artes: prédio eclético do museu será palco de mostras sobre arquitetos estrangeiros que influenciaram o Rio

A crise gerada pelo coronavírus provocou o adiamento de um dos eventos mais aguardados no Rio. A 27ª edição do Congresso Mundial de Arquitetos (UIA2020RIO) – inicialmente previsto para o período de 19 a 23 de julho de 2020 - agpra aocntecerá entre 18 e 22 de julho de 2021. A decisão da União Internacional dos Arquitetos (UIA) e do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) foi tomada em conjunto com o Comitê Executivo do evento.

Segundo os organizadores, o UIA2020RO conta com participantes inscritos de mais de 60 países e tem a confirmação de cerca de 50 palestrantes e 7 keynote speakers de 17 países. A expectativa original era de que o evento atrairia ao Rio de Janeiro, em 2020, entre 15 mil e 20 mil participantes, configurando-se como um dos maiores eventos corporativos da cidade do Rio de Janeiro neste ano.

No comunicado, informaram ainda que os vários eventos pré-congresso – exposições, seminários, palestras e outros – serão remarcados tão logo a situação de pandemia do coronavírus permita.

— A situação que estamos vivendo é dramática, e é uma pena que tenhamos que adiar nosso maior evento. Mas estamos fortemente comprometidos com a reorganização dos preparativos, para garantir que tenhamos um de nossos Congressos mais relevantes em 2021 — afirma o presidente da União Internacional de Arquitetos, Thomas Vonier. — Essa crise do coronavírus coloca novos cenários e questões para a Arquitetura e o Urbanismo que precisam ser bastante discutidas — completou.

Os organizadores afirmaram que todas as inscrições já realizadas valerão para a nova data do evento e a programação do congresso não deverá sofrer alterações.

Um dos principais temas previstos para discussão no UIA2020RIO, Saúde Urbana, deverá ganhar novo enfoque, de modo a abarcar discussões sobre a Arquitetura e o Urbanismo diante das necessidades surgidas por epidemias como o coronavírus.

— A discussão da saúde urbana, que já era um tema forte nesta edição, ganha nova dimensão agora. Desde os projetos para hospitais até o saneamento básico, passando pela discussão dos espaços urbanos em tempos de epidemia, temos muito o que debater —  comentou Sérgio Magalhães, presidente do Comitê Executivo do UIA2020RIO.

Com o adiamento, o congresso será realizado no ano do centenário do Instituto dos Arquitetos do Brasil. Presidente do IAB, Nivaldo Andrade disse que "o Instituto – assim como o Brasil – espera receber profissionais do mundo todo numa ocasião tão importante para a entidade".