Conheça a biofilia, tendência em projetos de arquitetura e decoração

Lívia Neder
"Lavabo intimo" assinado pela arquiteta Fernanda Familiar, da Sentir Arquitetura

NITERÓI - Tradução do amor à natureza, a biofilia está cada vez mais presente nas decorações com a utilização de elementos naturais e, principalmente do verde das plantas. Confirmando que o conceito urban jungleestá em alta, a tendência invadiu a maioria dos ambientes da Mostra Casa Design, que acontece em Niterói até o dia 8 de dezembro. Muito além de serem elementos meramente decorativos, há um porquê e para quê na utilização de cada espécie, flor ou planta.

Assinando o um projeto "Lavabo Íntimo", que se baseia na neurociência aplicada na arquitetura, a arquiteta Fernanda Familiar relaciona alguns elementos do design biofílico como uso de materiais naturais, vegetação, cores, formas orgânicas e sons da natureza com os sentidos — visão, tato, audição e olfato:

— Para cada sentido eu apliquei um elemento da biofilia. O principal é o verde, mas não é só ele. A biofilia é o amor à vida, é a conexão com a natureza que temos e que com o passar do tempo vamos perdendo. A idiea é trazer relaxamento e bem-estar — destaca a arquiteta.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER ( OGlobo_Bairros )