Conheça a EcoVilla Ri Happy, novo espaço dedicado às crianças dentro do Jardim Botânico

A partir deste domingo (6), o Rio ganha mais uma opção de entretenimento para as crianças no coração da Zona Sul da cidade. Voltado para o público infantojuvenil, de 0 a 12 anos, a novo EcoVilla Ri Happy ocupa o espaço onde funcionou, até 2017, o Teatro Tom Jobim.

Os sócios do novo espaço, Luiz Calainho e Aniela Jordan, tratam a EcoVilla como "o primeiro hub infantojuvenil da América Latina". Haverá por lá espetáculos teatrais e teatrais, oficinas, workshops, ateliês de criação, entre inúmeras atividades voltadas para os pequenos. Na abertura, domingo (6), às 16h, o público poderá conferir o espetáculo "Zaquim", que mistura teatro e música, com direção de Duda Maia. Antes disso, a criançada vai curtir as histórias contadas por Os Fabulosos no show "O que tem lá em casa", marcado às 9h30 (crianças de 0 a 3 anos) e às 11h (3 a 6 anos).

Calainho, que também está à frente do Teatro Prudential e do Teatro Riachuelo, fala um pouco sobre a proposta do novo espaço:

- A programação está 100% focada no público infantojuvenil. É uma curadoria abrangente, que terpa teatro, literatura, shows, além de licenciamentos de marcas e personagens importantes no Brasil e do exterior. E sempre pautada pela excelência das produções - diz o empresário. - A EcoVilla está plenamente integrada ao Jardim Botânico. O lugar tem 2 mil metros quadrados, com sala de espetáculos com capacidade pra 350 pessoas sentadas e até 700 em pé. Além disso, temos os ateliês criativos, que são quatro salas onde terão workshops, atividades de musicalização, roda de artes, entre outras atrações. Vai ser um grande espaço de integração de pais e filhos, amigos e amigas.