Conheça a ilustradrora que vem fazendo sucesso nas redes sociais

·2 minuto de leitura

Embora desenhasse muito bem desde criança, a carioca Isadora Zeferino não entendia aquilo como uma vocação. Tanto que, na hora de fazer o vestibular, decidiu pela Biomedicina na UFRJ. Entrou. Mas, depois do terceiro período em uma iniciação para lá de científica, rumou para o Desenho Industrial, na Uerj. “Conforme fui postando meus desenhos na internet, conhecendo pessoas da área e arranjando os primeiros clientes, percebi que o que eu realmente queria fazer era trabalhar com ilustração”, lembra. “Na época, por ignorância ou por não saber onde olhar, não conhecia ainda grandes ilustradoras brasileiras. Toda a minha carreira foi feita como quem entra numa piscina tateando, sem saber o quão fundo vai.”

E Isadora foi fundo, nadando de braçadas no universo da ilustração. Aos 27 anos, coleciona mais de 200 mil seguidores no Instagram. Gente do mundo todo curte seus desenhos e publicações de diversos livros, que desde sempre encantam a artista que possui, entre sete tatuagens, uma flor de proteção contra feitiços de “Stardust”, do escritor britânico Neil Gaiman.

Recentemente, ela foi convidada pela Galera Record para criar as ilustrações da nova versão brasileira da trilogia “O castelo animado”, escrito em 1986 pela britânica Diana Wynne Jones (1934-2011), que deu origem ao filme homônimo. Na primeira semana do lançamento, o box entrou na lista dos mais vendidos. “O sucesso do projeto se deve muito ao traço alegre e lúdico da Isadora. É um clássico cult dos anos 1990. E a escolha da ilustradora foi crucial para ter sido um lançamento épico”, afirma Rafaella Machado, editora-executiva da Galera Record.

Em suas redes, há uma série de princesas da Disney vistas pelos seus olhos. No geral, elas fogem do “padrão”, assim como o trio de sereias. “Várias pessoas adoraram ver sereias não magérrimas. Gosto de desenhar meninas que têm corpos mais parecidos com o meu, então uso curvas, dobrinhas e braços largos. Acho isso lindo”, diz ela, mostrando que não se limita ao universo das crianças e adolescentes. “Adoro trabalhar com conteúdo infantil e infanto-juvenil por eles serem a porta de entrada na vida de muitas pessoas para a leitura e arte. Mas eu não quero ficar limitada a isso. Desejo entender e estender minha área de atuação para estar sempre me desafiando e surpreendendo as pessoas”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos