Conheça Joshua Cavallo, primeiro jogador da elite do futebol a se assumir gay

·3 min de leitura

Joshua Cavallo revelou por meio das redes sociais, na última terça-feira, que é gay. Ele é o primeiro jogador profissional em atividade da elite do futebol a fazer essa revelação e ressaltou que pretendia apenas "jogar futebol e ser tratado com igualdade". Cavallo atua como meia no Adelaide United, clube australiano que disputa a Copa da Austrália de Futebol. O jogador também já representou a seleção australiana sub-20.

Cavallo nasceu em Bentleigh East, Austrália, e tem 21 anos. Até 2019, ele atuava pelo Melbourne City, mas deixou o clube no término do contrato. No mesmo ano, o Western United contratou Cavallo e o meia fez sua estreia em janeiro de 2020. No último clube, o jogador fez uma breve passagem, permanecendo apenas até janeiro deste ano. Foi quando seu clube atual, o Adelaide United, o chamou para um contrato que deveria durar por um curto prazo. Entretanto, com a boa campanha que vinha fazendo, o camisa 27 acabou tendo seu vínculo com o time expandido por mais dois anos.

O técnico do Adelaide, Carl Veart, em entrevista ao site News, da Austrália, chamou a decisão de Cavallo de "muito corajosa" e disse que ele tem uma "coragem incrível" por ter se assumido. Veart disse que Cavallo "não era ele mesmo" durante a pré-temporada antes de contar sobre sua sexualidade ao treinador e ao seu adjunto Ross Aloisi, que deram todo o seu apoio para que ele fizesse o anúncio à sua maneira. O treinador ainda afirmou que os colegas de equipe de Cavallo receberam a notícia de forma acolhedora e "excepcional".

Repercussão: atleta olímpico dos EUA repudia postura homofóbica de Maurício Souza

O clube que Joshua defende atualmente, Adelaide United, tem uma história relativamente recente. Fundado em 2003 para substituir o Adelaide City, o time já teve até participação de Romário em quatro partidas no final de 2006. Em 2008, o Adelaide disputou a Liga dos Campeões Asiática, ficando em segundo lugar. Também em 2008, o time terminou o Mundial de Clubes da FIFA na 5º posição. Seu título mais recente é de 2018, quando ganhou a Copa da Austrália de Futebol.

O Adelaide também tem um brasileiro entre seus ídolos. Cássio Oliveira foi lateral do Flamengo entre 2000 e 2002, sendo essencial na conquista do tricampeonto estadual em 2001. Ele também defendeu o Internacional e o Santa Cruz. O jogador se aposentou em 2014, jogando pelo Adelaide United. Foi eleito em 2011 pela revista "FouFourTwo" como o melhor jogador brasileiro da história do futebol australiano e teve uma grande festa de despedida da torcida do time. Seu filho, Bernardo Olivieira, de apenas 17 anos hoje defende as cores do Adelaide usando a camisa 31. Bernardo e Cássio são a primeira dupla de pai e filho a defender o clube.

Como jogador do Adelaide, Josh entrou como titular em 15 jogos e fez 18 aparições. Pela campanha, ele recebeu o prêmio de Estrela em Ascensão da A-League, principal liga australiana. Após se assumir gay, Cavallo recebeu apoio do clube onde joga e de diversos jogadores como Gerard Piqué e Antoine Griezmann. O jogador já ultrapassa a marca de 50 mil seguidores no Instagram.

Em um vídeo postado recentemente, ele afirmou que lutou contra sua sexualidade durante seis anos, mas que agora está muito feliz por não precisar mais fazer isso. O sindicato australiano dos jogadores profissionais afirmou que o gesto de Joshua foi “maravilhoso” para ele próprio, para a sociedade e para a comunidade LGBTQIA+. Muitos jogadores se assumem gays apenas na aposentadoria, já que o futebol ainda não é um ambiente acolhedor para quem está fora dos padrões de heteronormatividade. Antes de Josh, outro jogador que já atuou na Liga Australiana já havia se assumido gay. Trata-se de Andy Brennan, que falou sobre o assunto em 2019. Porém, nessa época, ele já não fazia parte da elite do futebol.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos