Conheça mistério do armário de Pelé; Santos deve conversar com família sobre conteúdo escondido há 48 anos

O Santos deve conversar com a família de Pelé sobre o que fazer com o armário utilizado pelo Rei do Futebol nos tempos de jogador, na Vila Belmiro. Ele está fechado há 48 anos, desde que o camisa 10 disputou sua última partida pelo Peixe. Existe um objeto dentro dele. Apenas Pelé sabia o que era.

Luta: Pelé lutava contra câncer no intestino desde 2021; veja histórico de internações

Assista: Internação de Pelé faz redes lembrarem genialidade do Rei do Futebol em vídeos

Recorde: Como Pelé influenciou Neymar a bater recorde de gols do Rei pela seleção brasileira

'Diego está sorrindo agora': Pelé parabeniza Argentina após título no Mundial do Catar

Nesta segunda-feira, acontecerá o velório do maior jogador de todos os tempos no estádio santista. Será uma oportunidade para os dirigentes do clube conversarem com os herdeiros do Rei sobre o assunto.

Quando se despediu do Santos, rumo ao Cosmos, dos Estados Unidos, Pelé foi instigado pelos dirigentes santistas da época a deixar algo de recordação para sempre no local. O camisa 10 topou a iniciativa e o trancou no armário que utilizava no vestiário da Vila Belmiro.

Sempre que era questionado a respeito, Pelé costumava dizer que era um amuleto que, enquanto permanecesse no estádio, traria sorte ao Santos. O vestiário já passou por reformas, mas o armário antigo continua no local. Trancado e com o misterioso objeto dentro.

Rei de Copas: Pelé sai de cena como o maior dos Mundiais, o único com três títulos

Câncer: Entenda o câncer de cólon, que causou a morte do Rei

Pelé: Saiba qual foi a última aparição pública do Rei do futebol

Na visitação à Vila Belmiro aberta ao público, a história é contada, sendo uma das atrações do passeio guiado. Com Pelé vivo, nunca se cogitou abrir o armário. Agora, com a morte dele, o clube santista deve consultar os familiares para saber se eles têm interesse no objeto deixado pelo Rei do Futebol.