Conheça o passo a passo para conseguir o FIES

Imagem fornecida por Mundo Vestibular

O FIES é um programa do Governo Federal que oferece financiamento estudantil a juros baixos (3,4% ao ano). Com o FIES, o estudante pode financiar entre 50% e 100% da mensalidade do curso superior em faculdade privada e só começa a pagar a dívida um ano e meio depois de se formar.

Cerca de dois milhões de estudantes brasileiros já foram beneficiados com o FIES. Se você pretende solicitar esse financiamento para pagar sua faculdade, fique atento ao passo a passo:

1. Confira se a universidade participa do FIES

Antes mesmo de saber se você cumpre os requisitos do FIES, é importante saber se a universidade onde você estuda é uma das participantes do Programa. São milhares de faculdades privadas, de todas regiões do País, que aceitam o FIES para pagamento de suas mensalidades.

Vale ressaltar que para participar do FIES a universidade precisa ser autorizada pelo MEC e ter avaliação positiva.

Veja algumas das principais faculdades participantes do FIES que contam com unidades em diversas regiões do Brasil:

Para saber se a sua faculdade participa do FIES, você pode consultá-la diretamente, pedindo informações na secretaria ou visitando o site da instituição.

É possível também fazer uma pesquisa gratuita no site oficial do FIES, seguindo o passo a passo: 

Acessar o site do FIES.  Nos filtros de busca, selecionar os itens: UF (Estado), Município, Instituição e Local de Oferta. Clicar em “Pesquisar”. Aparecerá uma lista com todas as instituições participantes do FIES com as características que você pesquisou.

2. Verifique se você pode pedir o FIES

Se a sua universidade participa do Programa, chegou a hora de descobrir se você atende os requisitos do FIES.

As regras do FIES mudaram em 2015. Agora, além de cumprir requisitos de renda, o estudante precisa apresentar um desempenho mínimo no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Pode pedir o FIES quem:

Tiver participado do Enem, com desempenho de pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação (esta regra vale apenas para quem se formou no ensino médio a partir de 2010). Possuir renda familiar bruta mensal de no máximo 20 salários mínimos. Tiver um comprometimento da renda familiar bruta mensal com os encargos educacionais de pelo menos 20%.


Quem concluiu o Ensino Médio antes de 2010 não precisa apresentar o desempenho no Enem para participar do FIES. Professores efetivos da rede pública que solicitarem o FIES para curso de licenciatura, normal superior ou pedagogia também estão dispensados de apresentar o desempenho mínimo no Enem.


3. Faça sua inscrição pela Internet

A inscrição para o FIES é gratuita e só pode ser feita pela internet, no site oficial do Programa.
As datas de inscrição são divulgadas pelo MEC. No período determinado, você deverá cumprir os seguintes passos para se inscrever no FIES:

Acessar o site do SisFIES. Se for o seu primeiro acesso, você deve informar seu número CPF, data de nascimento, um endereço de e-mail válido e cadastrar uma senha para utilizar sempre que acessar o sistema. Verificar sua caixa de entrada e clicar no link enviado pelo SisFIES para ativar seu cadastro. Acessar novamente o site do SisFIES http://sisfiesportal.mec.gov.br/ . Informar seus dados pessoais, dados sobre seu curso e faculdade e preencher todas as informações solicitadas, seguindo a orientação de cada uma das telas do sistema. Confirmar sua inscrição.


Na página do FIES você também pode fazer uma simulação do financiamento. Basta inserir os dados solicitados para ter uma estimativa do valor e da quantidade de parcelas que você precisará pagar. Na simulação você também fica sabendo quanto pagará de juros e em quantos anos poderá quitar a dívida do FIES.


4. Apresente sua documentação na faculdade

A inscrição pela Internet é só o primeiro passo para solicitar o financiamento do FIES. Em seguida, você precisa comprovar uma série de informações, pessoalmente, em sua faculdade.

Para fazer essa comprovação, consulte a lista de documentos necessários no site do FIES, providencie todos os papéis e procure um departamento chamado Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA). Toda faculdade participante do FIES tem uma CPSA e a sua também deve ter. Além de validar os documentos, essa Comissão pode ajudá-lo depois que você conseguir o seu financiamento do FIES.

Fique atento aos prazos! A partir do momento em que confirmar sua inscrição pela Internet, você terá 10 dias corridos para apresentar a documentação necessária na universidade.

A CPSA vai verificar seus documentos e, se estiver tudo certo, entregará o Documento de Regularidade de Inscrição (DRI). Você vai precisar deste documento no passo seguinte.

5. Assine o contrato do financiamento

Neste passo também é importante ficar atento aos prazos. Você terá 10 dias corridos a partir do terceiro dia útil após a validação das informações na faculdade e recebimento do DRI para fazer a contratação do FIES no banco.

São dois os bancos autorizados a fazer o contrato do FIES: Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. Na etapa de inscrição pela Internet, você já deve ter selecionado uma agência bancária mais próxima. Consulte a documentação que você precisará levar para assinar o contrato. Além do DRI, os bancos pedem documentos de identificação, comprovantes de renda e residência do estudante e do fiador.

Verifique a documentação necessária, leve-a ao banco e assine seu contrato do FIES.

Se você conseguir um financiamento de 100%, enquanto estiver estudando e até um ano e meio depois de formado só precisará pagar uma parcela de no máximo R$ 50,00 a cada três meses. Caso tenha conseguido um financiamento de 50% ou 75% da mensalidade, lembre-se de que terá de pagar os juros do FIES, mais o restante da mensalidade.

Independentemente do valor financiado, o estudante que consegue o FIES só começa a quitar a dívida um ano e meio depois de formado e o montante pode ser dividido em até três vezes a duração do curso financiado, mais um ano. Sendo assim, se você financiar 4 anos de curso, terá 13 anos para pagar a dívida.

Você vai pedir o FIES para pagar a faculdade? Deixe seu comentário!