Conheça o primeiro jogador a usar a 10 do Santos após a morte de Pelé

O Santos entrou em campo pela primeira vez após a morte de Pelé, maior ídolo da história do clube, na última quarta-feira, pela Copa São Paulo de Futebol Júnior. E a camisa 10 do time, que foi imortalizada pelo Rei do Futebol, foi utilizada por João Victor "Balão", volante de 19 anos que é um dos destaques da equipe.

O jogador foi o primeiro a usar a 10 do Santos após a morte de Pelé, que aconteceu na última quinta-feira. O volante chegou ao Peixe na temporada passada e foi um dos destaques da equipe na última Copa São Paulo de Futebol Júnior. Titular absoluto, o garoto nascido em São Luís-MA ajudou o time paulista a conquistar o vice-campeonato do torneio.

Na competição do ano passado, o jogador contribui com uma assistência e terminou o torneio com uma média de nove bolas por jogo. Embora o número 10 seja utilizado por meias ofensivos ou pontas, geralmente, Balão possui características muito mais defensivas, principalmente em comparação com o Rei do Futebol.

Antes de chegar ao Santos, o jogador atuava no Moto Club, de São Luís do Maranhão, e em 2020, após ficar de fora da disputa da Copa do Nordeste sub-20 por conta de um teste positivo para covid-19, Balão chegou a pensar em desistir do futebol. No entanto, ele conseguiu seu espaço no grupo profissional da equipe e participou do Campeonato Maranhense.

Seu desempenho chamou atenção Fortaleza, Atlético-MG e Santos, mas foi no clube paulista que ele escolheu seguir carreira. Pelo Peixe, Balão foi campeão paulista sub-20, primeiro título de sua carreira, e foi muitas vezes chamado de "motorzinho" durante a Copinha, por conta da sua importância dentro de campo em todas as fases do jogo. Ele é assumidamente fã de Casemiro, volante do Manchester United.

Após a partida contra pela Copinha, o jogador fez questão de ir nas redes sociais para parabenizar a equipe pela estreia na competição e seguir homenageando Pelé. "você deixará saudades, mas sempre foi e sempre será eterno no coração santista e dos amantes do futebol!", escreveu Balão.

O Santos venceu o São Raimundo-RR por 3 a 1 e, além do minuto de silêncio antes de a partida começar, o duelo foi paralisado aos 10 minutos para uma salva de aplausos em homenagem a Pelé. Os santistas também comemoraram os dois primeiros gols com socos no ar, como o ídolo também comemorava.