Conheça segredos do Braga, time que é trampolim para técnicos que interessam ao Flamengo

·2 min de leitura

Carlos Carvalhal, alvo do Flamengo para a temporada 2022, é técnico do Braga. Jorge Jesus, antes de escrever seu nome na história do Benfica, passou pelo Braga. Paulo Fonseca, outra alternativa no radar de Marcos Braz e Bruno Spindel, se destacou no Braga antes de se transferir para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. O clube da cidade ao norte de Portugal é passagem quase que obrigatória para os técnicos portugueses de destaque no mercado.

Ele oferece ótimas condições para um treinador se destacar: não sofre com a pressão por títulos que existe nos três grandes de Portugal (Benfica, Porto e Sporting), e ao mesmo tempo é estruturado para sobrar em relação aos outros 14 times da primeira divisão portuguesa.

Nos últimos dez anos, apenas uma vez terminou abaixo da quinta colocação na liga nacional. Em duas, foi terceiro, um intruso entre os grandes. Em 2012, com Leonardo Jardim, que posteriormente se destacou no Monaco, semifinalista da Champions. Em 2020, com Rúben Amorim, que no ano seguinte seria campeão português com o Sporting.

Além disso, o treinador da equipe consegue boa evolução também por ter praticamente garantida, todo ano, presença na Europa League, segunda competição continental em importância, atrás da Champions. Com isso, ele consegue se testar contra equipes de outros países, algumas de ligas nacionais mais fortes, como Inglaterra, Alemanha e Espanha.

Abel Ferreira, técnico bicampeão da Libertadores com o Palmeiras, se destacou, aos 39 anos, no Braga. Foi o trabalho no clube que o credenciou para vir treinar o Alviverde. O clube conta com boa estrutura de trabalho: desde 2017, o futebol está localizado na Cidade Desportiva de Braga, um moderno centro de treinamento. E está sempre aberto para trabalhar com treinadores mais novos. Rúben assumiu a equipe aos 35.

Carvalhal, alvo do Flamengo, está na segunda passagem pelo Braga. A primeira ocorreu quando tinha ainda 41 anos. Ele é natural da cidade. Na atual temporada, é o quarto colocado do Campeonato Português, o que parece ser inevitavelmente o teto do clube. Tanto que Carvalhal, diante da projeção que Jorge Jesus e Abel Ferreira ganharam no futebol brasileiro, acenou positivamente para o interesse rubro-negro. Braga é trampolim de técnicos portugueses. A consagração pode vir na sequência.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos