Conheça Tatsu Carvalho, ator carioca que marca presença em séries de TV internacionais

·2 minuto de leitura

Tatsu Carvalho por muito tempo nem imaginou ser ator. “Trabalhava no departamento de marketing de uma grande gravadora, não era um sonho de infância”, lembra o carioca, de 44 anos. Mas tudo mudou depois de um curso de teatro com o diretor Daniel Herz, em 1999. “Era o mais velho da turma. No final do processo, havia me apaixonado”, conta. No começo dos anos 2000, já levando em consideração mudar de vida, partiu para Nova York onde estudou atuação por três anos. Na volta ao Brasil, encarou a nova carreira. “Estava tão empolgado que não me dei conta das dificuldades que encontraria pela frente”.

Depois de quase duas décadas como ator no Brasil — ele produziu e protagonizou a peça “Um estranho no ninho” e integra o elenco das séries “Sob pressão” e “Arcanjo renegado” —, Tatsu vê as portas internacionais se abrirem. Participou da premiada “O gambito da rainha”, contracenando com a atriz Anya Taylor-Joy, e agora marca presença na série inglesa “It’s a sin”, da HBO Max, lançada na última terça-feira no Brasil. Na trama, que aborda chegada da Aids nos anos 1980 a partir de um grupo de jovens, Tatsu interpreta o namorado de Neil Patrick Harris. “Apesar de ter sido gravada em 2019, tem como pano de fundo uma epidemia. Foi muito bem aceita pelo público e pela crítica na Europa e nos Estados Unidos e é realmente emocionante.”

O inglês fluente e a cidadania portuguesa foram os trunfos do ator, que, a partir de 2017, passou a se dividir entre o Rio e a capital inglesa. “Na minha primeira temporada em Londres, não conhecia ninguém. Mandei cerca de 400 e-mails para agências britânicas de atores. Tive 25 respostas positivas e consegui fechar parceria com um agente”, explica. Diferenças culturais são constantes no dia a dia do carioca. “Certa vez, estava três minutos atrasado, no metrô, e o meu agente me ligou aflito perguntando onde eu estava”, recorda-se.

“Em produções internacionais, também não tem essa de dividir camarim, cada um tem o seu.” A convivência com colegas de set é tranquila. “A Anya foi supergentil. Ao gravar com Neil Patrick, confesso que fiquei bem nervoso”, lembra. Para realizar a cena do beijo, Tatsu conversou bastante com o ator norte-americano. “Foi ótimo. Ele é um grande parceiro de trabalho e tudo fluiu bem”, diz. No ano passado, Tatsu não viajou por causa da pandemia. Mas, agora, já está de malas prontas para mais um período na Inglaterra. “Depois de tomar a vacina, pretendo ficar lá por quatro meses”, diz o ator, que vai continuar “batendo na porta”. “Não é fácil. Mas enquanto estiver livre, solteiro e sem filhos, vou seguir essa estrada”, diz. “Estou com sorte.”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos