Conheça a Vila Belmiro, o estádio do Santos onde será o velório de Pelé

Nesta segunda-feira, mesmo que não seja em vida, Pelé entrará pela última vez no campo da Vila Belmiro, em Santos. Morto no último dia 29, o corpo do rei do futebol será velado no centro do estádio onde fez história. Familiares, fãs, amigos e autoridades poderão se despedir do maior ídolo do esporte a partir das 10h.

Presidente da FIFA virá ao Brasil para o velório de Pelé

Pelé foi um dos pioneiros na defesa da profissionalização do futebol

Apesar de ser conhecido como Vila Belmiro, o estádio se chama Urbano Caldeira, uma homenagem a um santista ilustre que participou ativamente na construção do estádio. Ele era primeiro secretário do clube sugeriu a diretoria do clube que o estádio fosse construído em um terreno do bairro que hoje se chama Vila Belmiro, mas na época, 1915, era conhecido como Vila Operária.

O estádio saiu do papel e foi inaugurado em 12 de outubro de 1916, tendo sua primeira partida oficial dez dias depois. No estádio que já é centenário, ninguém tem mais gols do que Pelé, revelado pelo clube. O rei marcou 288 gols na Vila Belmiro.

CBF só fará homenagens a Pelé após conversar com a família do ex-jogador

O estádio também é conhecido por fazer história. Em 1950 foi realizada uma luta de boxe no meio do gramado, entre Joe Louis, um dos maiores pugilistas da história, e Tommy Giorgio. Já em1955 recebeu a primeira partida de futebol transmitida ao vivo no Brasil. Em 2010, foi o primeiro estádio do país a receber uma partida de futebol americano.

Pelé jogou sua primeira partida na Vila em 1956. A partir daí, o estádio também passou a ser conhecido como Alçapão da Vila, tamanho a quantidade de vitórias que o time conduzido por Pelé conseguia. A última partida de Pelé na Vila foi em 1974, em uma partida contra a Ponte Preta.

Esporte brasileiro também precisa agradecer ao ministro Pelé

Hoje, o estádio tem capacidade para 16.068 pessoas e é o maior da Baixada Santista.