Conheça os 11 presos mais famosos da história recente do Brasil

A prisão do ex-presidente é até hoje um dos assuntos mais comentados (AP Photo/Andre Penner)

Políticos, assassinos em série, parricidas, criminosos sexuais, traficantes de drogas... A lista dos presos famosos no Brasil é bem variada, com crimes de diferentes naturezas, sendo que alguns estão em processo de revisão de pena. Veja quem são os 10 presos mais famosos do Brasil:

Suzane Von Richthofen

Suzane é provavelmente a assassina mais famosa do país, sendo a única mulher da lista. Sua “fama” se deu pelo fato de Suzane ter assassinado seus pais em 31 de outubro de 2002, com ajuda de seu namorado na época e do irmão dele. Ela foi condenada a quase 40 anos de prisão, mas a lei brasileira permite que o condenado fique no máximo 30 anos. Hoje, com 36 anos, ela segue detida no presídio feminino de Taubaté, em São Paulo. Dois filmes serão lançados em breve tendo a história de Suzane como base.

Leia também

Casal Nardoni

O pai de Isabella Nardoni é co-autor, com Anna Carolina Jatobá, sua esposa, do assassinato da filha, de 5 anos. Ela foi jogada do sexto andar do Edifício London, na zona norte de São Paulo, em março de 2008. Alexandre Nardoni e Jatobá foram condenados a 31 e 26 anos de prisão, respectivamente, Em abril de 2019, ele teve o benefício do regime semi-aberto. Em agosto, a Justiça de São Paulo determinou que ele deveria voltar ao regime fechado. Carolina Jatobá está no regime semi-aberto desde 2017.

Lula

Lula está na prisão desde 2018 (AP Photo/Andre Penner)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado em segunda instância a 12 anos e 1 meses e cumpre prisão desde 7 de abril de 2018, na superintendência geral da Polícia Federal em Curitiba, no Paraná. Lula ainda é réu em outros processos, sendo ainda objeto de revisão de processo em relação a condenação que cumpre: o caso do triplex do Guarujá – pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Gil Rugai

O ex-seminarista Gil Rugai tinha 20 anos quando assassinou a tiros seu pai, o publicitário Luiz Carlos Rugai e sua madrasta, Alessandra de Fátima Troitino, em 2004. Ele foi condenado a 33 anos de prisão, mas seu julgamento demorou tanto a acontecer que até então, ele cumpriu apenas seis anos de prisão.

Fernandinho Beira-Mar

Fernandinho Beira-Mar foi preso em 2002 (EVARISTO SA/AFP via Getty Images)

Luiz Fernando da Costa, mais conhecido como Fernandinho Beira-Mar, é um criminoso brasileiro de 52 anos, conhecido como líder da organização criminosa ‘Comando Vermelho’. É considerado pelos órgãos federais um dos maiores traficantes de armas e drogas da América Latina. Foi preso em 2002 e desde 2017 está em um presídio em Mossoró, Rio Grande do Norte.

Francisco de Assis Pereira

Mais conhecido como “Maníaco do Parque”, Francisco é um serial killer que estuprou e matou pelo menos seis mulheres e tentou assassinar outras nove em 1998, no Parque do Estado, em São Paulo. Foi condenado a 268 anos de prisão. Mas, como pela lei brasileira ninguém pode ficar preso por mais de 30 anos, cogita-se que em nove anos ele pode ser solto (já cumpriu 21 anos).

Eduardo Cunha

Eduardo Cunha teve seu mandato cassado (AP Photo/Denis Ferreira)

Economista de formação e político há muitos anos, foi deputado por muitos anos pelo PMDB, sendo presidente da Câmara dos Deputados em 2016 – até ter o mandato cassado. Preso pela Operação Lava-Jato em outubro de 2016, foi condenado a mais de 15 anos de prisão por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Roger Abdelmassih

Roger Abdelmassih é ex-médico brasileiro especialista em reprodução humana, sendo um dos pioneiros da fertilização in vitro no Brasil. A partir de 2009, foi acusado de violentar sexualmente suas pacientes enquanto estavam sob efeitos de sedativos. Abdelmassih foi condenado a 278 anos de prisão por 52 estupros e quatro tentativas de estupro a 39 mulheres. Em alguns períodos teve a prisão domiciliar concedida, mas desde agosto de 2019, a Justiça de São Paulo suspendeu o benefício e ele voltou ao presídio.

Paulo Maluf

Por conta de seus problemas de saúde, Maluf cumpre prisão domiciliar (SERGIO LIMA/AFP/Getty Images)

Um dos políticos mais conhecidos do país, com longa carreira na política: duas vezes Prefeito e uma vez Governador de São Paulo, além de Deputado Federal em mais de um mandato. Em 2005, foi preso e liberado por conta de sua saúde frágil. Em 2010, seu nome entrou para lista dos procurados da Interpol. Em 23 de maio de 2017, a 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu pela condenação pelo crime de lavagem de dinheiro. Maluf foi condenado a mais de 7 anos em regime fechado e pagamento de multa. Maluf foi preso em dezembro do mesmo ano e teve seu mandato de deputado federal cassado. Em março de 2018, Dias Toffoli, do STF, determinou prisão domiciliar devido os problemas de saúde de Maluf, hoje com 88 anos.

Lindemberg Alves

Ele é o assassino da jovem Eloá Cristina, em 2008, em Santo André, São Paulo – depois de mantê-la por quatro dias em cárcere privado. Lindemberg foi condenado em 2012, a mais de 98 anos de prisão pelo homicídio e outros 11 crimes. Em 2013, o Tribunal de Justiça de São Paulo reduziu a pena a 39 anos.