Conhecido por arranjos de Olodum e É O Tchan, Maestro Ito Bispo morre aos 55

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Quem gosta de axé certamente dançou músicas que tinham os arranjos do maestro Ito Bispo, nome artístico de Evanailton Bispo.

Compositor, arranjador e saxofonista, ele trabalhou com o músico baiano Gerônimo e com bandas famosas --incluindo Olodum, Gera Samba e É O Tchan. No total, foram 41 anos de história na música.

Ito morreu em Salvador, no dia 7 de setembro, aos 55 anos, após uma parada cardíaca. Ele estava em casa, com a mulher. De dois anos para cá, o músico apresentava um estado de saúde delicado e sofrera algumas internações.

"Ele sempre dizia que estava bem", diz o trompetista da banda Os Skanibais, João Teoria, 53, seu amigo há cerca de 40 anos.

"A minha primeira vez foi em 1991, a convite dele. De lá para cá nunca mais nos separamos. Em 2013, montamos Os Skanibais", conta João.

"Os grandes arranjos do Olodum são dele. Ito deu a volta ao mundo com as bandas famosas. Ele deixa uma grande contribuição para a música baiana e brasileira", diz o amigo.

"Ao longo da nossa parceria, Ito se tornou parte da minha família. Ele era uma pessoa gentil, educada e elegante. Eu brincava que Ito Bispo era o Quincy Jones da Bahia", finaliza João.

Para o músico Tonho Matéria, 58, o maestro foi uma das referências da música instrumental no país.

"Nós éramos do começo do Olodum. Ito era uma pessoa do bem, tranquilo, calado e centrado enquanto produzia a música, a sua arte. Quando temos pessoas talentosas comprometidas com aquilo que se quer, fica uma lacuna", diz Tonho.

No Instagram, o É O Tchan publicou uma homenagem ao músico e escreveu "a vida é um sopro". O maestro Ito era casado e não tinha filhos.