Conmebol diz não ter recebido inscrição no prazo, e Bobadilla desfalca Fluminense contra River

Marcello Neves
·1 minuto de leitura

Apesar de ter seu nome publicado no BID antes das 15h (de Brasília) da última segunda-feira, 19/04, o atacante Raúl Bobadilla não jogará na estreia do Fluminense na Copa Libertadores, contra o River Plate, da Argentina. Isso porque a Conmebol alegou que não recebeu a inscrição dentro do prazo determinado e, sendo assim, não liberando o atleta para atuar. Ele fica disponível apenas contra o Madureira, no domingo.

Como a documentação dependia do processo normal entre o Fluminense e a Conmebol, que precisa passar pela CBF como intermediária, as pendências acabaram não chegando a tempo à sede da organizadora da competição continental, em Luque, no Paraguai.

Além de já estar regularizado para a segunda partida do Fluminense na Libertadores, o atacante também está liberado para jogar a última partida da Taça Guanabara, e pode estrear domingo, às 11h05, contra o Madureira, no Maracanã. O Fluminense ainda tem chance de conquistar a Taça e já está classificado para as semifinais.

Bobadilla foi registado às 14h59, de acordo com o BID. O atacante estava tendo a sua regularização atrasada porque, por se tratar de sua primeira passagem pelo futebol brasileiro, o atacante de 33 anos aguardava o visto de trabalho. Ele já tirou o CPF, mas a segunda etapa estava pendente.

O Fluminense enviou, no último sábado (17), a lista de jogadores inscritos para disputar a Copa Libertadores. Neste sábado, a Conmebol divulgou os nomes em seu site oficial, que posteriormente foi confirmado pelo tricolor. Ao todo, são 49 atletas inscritos, com o atacante Raúl Bobadilla ainda pendente.