Conmebol suspende árbitros brasileiros por não terem bandeirinhas

·1 min de leitura
Entidade puniu Fabricio Vilarinho e Rodrigo Corrêa por quatro meses por não portarem o equipamento básico. Foto: (Reprodução/TNT Sports)
Entidade puniu Fabricio Vilarinho e Rodrigo Corrêa por quatro meses por não portarem o equipamento básico. Foto: (Reprodução/TNT Sports)

A entidade máxima do futebol da América do Sul, Conmebol, decidiu por suspender os árbitros assistentes Fabricio Vilarinho e Rodrigo Corrêa por quatro meses por não terem utilizado as bandeirinhas corretas na partida entre Chile e Argentina, válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar.

Além das três rodadas finais das Eliminatórias, a punição se estende para as competições que são regidas pela Conmebol: Copa Libertadores da América e Copa Sul-Americana.

Leia também:

Os assistentes esqueceram as bandeiras oficiais utilizadas nas partidas regulares em seus quartos de hotel e, ao perceberem a falta do material quando chegaram ao estádio em que seria realizada a partida, os brasileiros consultaram sobre o tempo necessário para ir ao hotel e viram que não seria possível fazer o trajeto sem atrasar a partida. A solução encontrada foi usar coletes fluorescentes presos em tubos de plástico para fazer as marcações do jogo até que elas chegassem.

Em comunicado oficial emitido por Wilson Seneme, ex-árbitro brasileiro e atual presidente da comissão de arbitragem da Conmebol, nesta sexta-feira, um dia após a realização da partida, a punição foi justificada pelos árbitros não estarem com "os implementos básicos para realizar seu trabalho (bandeirinhas), colocando em risco o desenvolvimento normal do jogo".

As imagens, por óbvio, viralizaram e rodaram o mundo via redes sociais sem que os internautas pudessem perdoar a gafe. "É o futebol na América do Sul", criticou um internauta. Já outro levou o fato de uma maneira mais descontraída: "Tenho que amar as Eliminatórias sul-americanas".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos