Conrado questiona estar sendo alvo de 'heterofobia' após vídeo polêmico com a mulher, Andréa Sorvetão

·1 minuto de leitura

Conrado voltou a se posicionar nesta sexta-feira sobre o vídeo postado por ele e pela mulher, Andréa Sorvetão, às vésperas do último Dia dos Namorados. No vídeo, o cantor e a ex-paquita e o fazem um apelo para serem contratados por empresas por serem "Um casal hétero, cristão e tradicional". Após ser marcado numa postagem, ele falou mais uma vez sobre o episódio, questionando até se estar sendo vítima de "heterofobia".

"Gente, estou vindo aqui trazendo essa postagem que fomos marcados hoje por um vídeo que já deu o que tinha que dar. Já me retratei sobre esse momento, coisa que nem deveria ter feito, pois a nossa intenção foi chamar atenção de empresas e não causar desconforto a ninguém. Sobre as revistas, fazem parte do nosso histórico… anos 80/90 e início de 2000… Tudo muito comum pra época. Que saudade! Vivíamos muito melhor com todas as diferenças… e podem acreditar, elas sempre existiram! Vivemos momentos difíceis onde tudo se torna problema, quem EXIGE o AMOR, RESPEITO, DIGNIDADE, etc…. deveria também praticar. Vocês não acham ?!! Somos sim, héteros, uma família cristã e tradicional. Não vejo nenhum problema nisso… ou estamos diante de uma héterofobia ?!!! Ah não… esquece… isso não existe! Sigamos….".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos