Conselheiro da Casa Branca apoia vacina de Covid-19 para crianças em idade escolar

·1 minuto de leitura

Por Linda So

WASHINGTON (Reuters) - O Dr. Anthony Fauci, maior especialista em doenças infecciosas dos Estados Unidos, disse neste domingo que apoia as prescrições da vacina de Covid-19 para crianças que frequentam escolas, já que a variante Delta, altamente contagiosa, continua a aumentar o número de casos de coronavírus no país.

“Eu acredito que estabelecer a vacinação obrigatória para as crianças aparecerem na escola é uma boa ideia”, disse Fauci ao programa State of the Union da CNN.

“Fazemos isso há décadas e décadas, exigindo vacinação contra poliomielite, sarampo, caxumba, rubéola e hepatite", complementou ele, que é diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas e conselheiro médico chefe da Casa Branca.

Atualmente, crianças menores de 12 anos não são elegíveis para receber a vacina de Covid-19. Mas Fauci, em uma entrevista separada no programa This Week da ABC, disse que deve haver dados suficientes até o início de outubro para a Food and Drug Administration, autoridade sanitária dos EUA, considerar se a injeção é segura para crianças menores de idade.

"Eu acho que há uma chance razoável", disse ele na terça-feira sobre a perspectiva de as vacinas PFizer-BioNTech ou Moderna obterem aprovação da FDA para crianças com menos de 12 anos antes da próxima temporada de férias.

À medida que as escolas reabrem para o outono no hemisfério norte o aumento nos casos de coronavírus já está causando interrupções significativas. Dezenas de escolas em todo o país tiveram que adiar o início do ano letivo ou fechar desde a reabertura em agosto, de acordo com dados do site de rastreamento Burbio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos