Conselho de Ética da Alesp nega representação de Isa Penna contra Delegado Olim

SÃO PAULO — O Conselho de Ética da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) negou nesta terça-feira, por seis votos a quatro, a representação da deputada Isa Penna (PCdoB) contra o deputado Delegado Olim (PP) por quebra de decoro. Em abril, o parlamentar afirmou que Penna teve "sorte" de ser assediada no plenário da Casa, pois irá se reeleger por conta da repercussão do caso.

— Sorte dela. Ela vai se eleger por causa disso. Ela só fala nisso — disse Olim, que depois defendeu o deputado Fernando Cury, condenado pela Alesp a seis meses de suspensão por importunação sexual contra a parlamentar do PCdoB.

Durante entrevista ao comediante Rogério Vilela, do podcast Inteligência Ltda, Olim afirmou ainda que Cury é um "cara do bem e todo mundo adora ele". O deputado justificou que Cury havia bebido nos gabinetes, já que era o dia do encerramento do ano parlamentar na Alesp.

Além da presidente do Conselho, Maria Lúcia Amary (PSDB), votaram a favor da representação de Penna as deputadas Marina Helou (Rede) e Erica Malunguinho (PSOL). O deputado Ênio Tatto (PT) foi o único homem favorável à admissibilidade.

"Não causa espanto, mas muita indignação, que os seis votos sejam justamente de colegas homens que mais uma vez agiram de forma corporativista em defesa de mais um parlamentar que manifesta publicamente seu machismo. É por esse tipo de comportamento que já propus um Projeto de Resolução para instituir a paridade de gênero na composição do Conselho de Ética", afirmou Penna, em nota. "A Casa e seus parlamentares mais uma vez mostram desprezo pela luta contra a violência de gênero."

A deputada disse que estuda a decisão junto à sua equipe jurídica para recorrer e ingressar com novo pedido para que o deputado seja responsabilizado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos