Conselho de Ética aprova relatório que pede cassação do mandato de Gabriel Monteiro

Vereador carioca Gabriel Monteiro (Foto: Reprodução)
Vereador carioca Gabriel Monteiro (Foto: Reprodução)

O Conselho de Ética da Câmara do Rio de Janeiro, composto por sete vereadores, aprovou por unanimidade nesta quinta-feira (11) o relatório do vereador Chico Alencar (PSOL) que pediu a cassação do mandato do vereador Gabriel Monteiro (PL) por quebra de decoro parlamentar. A informação é do portal g1.

Monteiro, ex-policial militar e youtuber, é investigado em acusações de estupro, assédio e por forjar vídeos na internet.

Com a decisão do Conselho de Ética, portanto, o caso do vereador vai para o plenário da Câmara para ser votado na próxima terça (16).

Ainda de acordo com a reportagem do portal g1, a votação no plenário será aberta e com direito a fala dos parlamentares e da defesa.

Os vereadores vão decidir se o youtuber é considerado inocente ou culpado da acusação de quebra de decoro.

Para cassar o mandato do parlamentar são necessários 34 votos.

Já para aprovar uma possível suspensão de mandato, é preciso formar maioria absoluta —26 votos.