Conserto de carros elétricos pode ser duas vezes mais caro que o normal

·1 minuto de leitura
Conforme dados de uma pesquisa, carros elétricos gastam US$ 306 enquanto os carros a combustão custaram apenas US$ 189 em reparos (Getty Image)
Conforme dados de uma pesquisa, carros elétricos gastam US$ 306 enquanto os carros a combustão custaram apenas US$ 189 em reparos (Getty Image)
  • Como os veículos ainda são novidade, os reparos podem custar mais

  • Segundo um estudo, em um ano o valor de reparo foi 1,6 maior para veículos 'normais'

  • Alguns países já se preparam para encerrar a venda de veículos movidos à combustão

Depois que alguns países da Europa e os Estados Unidos decidiram uma data para o encerramento da comercialização de novos carros à combustão, a indústria começou a trabalhar ainda mais para produzir veículos elétricos. 

Leia também:

Apesar do veículo funcionar de uma maneira simples, uma pesquisa divulgada pela We Predict, empresa especializada em análises dos Estados Unidos, mostrou que a manutenção deste tipo de automóvel pode ser mais custosa do que a de carros movidos a álcool e gasolina.

Após comparar os custos de manutenção e conserto de carros elétricos e à combustão, perceberam que o valor gasto com o veículo elétrico chegou a 2,3 vezes mais do que o concorrente no primeiro trimestre.

Enquanto carros elétricos gastaram, em média, US$ 306 os carros a combustão custaram apenas US$ 189 em reparos. Em um ano, o valor foi 1,6 maior para veículos movidos a bateria.

De acordo com o estudo, como esses carros ainda são novos no mercado as consultorias especializadas levam 1,5 vez mais tempo para diagnosticar os problemas do carro. Além disso, o custo da mão-de-obra é 1,3 vez mais cara uma vez que os profissionais precisam de certificações e especializações para realizar o trabalho.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos