Conservadores alemães e FDP devem conversar no domingo, dizem fontes

·1 minuto de leitura
Líder do Partido Liberal Democrático da Alemanha, Christian Lindner, em Berlim

Por Andreas Rinke

BERLIM (Reuters) - Os conservadores da Alemanha e o Partido Liberal Democrático (FDP) concordaram em conversar a respeito de um possível governo de coalizão no domingo, disseram integrantes do bloco conservador formado por União Democrata-Cristã (CDU) e União Social-Cristã (CSU) nesta quinta-feira.

Os conservadores da chanceler Angela Merkel foram derrotados por pouco pelo Partido Social-Democrata (SPD) de centro-esquerda na eleição do domingo passado. Ambos precisariam se aliar aos Verdes e ao FDP, que ficaram em terceiro e quarto lugar na votação, para alcançar uma maioria no Parlamento e governar.

Armin Laschet, líder da CDU que levou os conservadores ao pior resultado eleitoral de sua história, e Markus Soeder, líder da CSU, se encontrarão com o líder do FDP, Christian Lindner, no domingo, segundo as fontes do bloco conservador.

Outra reunião entre os conservadores e os Verdes está planejada para o começo da semana que vem, disseram elas.

A reunião planejada entre CDU/CSU e FDP foi relatada primeiramente pela revista Der Spiegel.

Os Verdes e o FDP já tiveram conversas exploratórias nesta semana visando superar diferenças sobre tributação, dívida e a transição para uma economia de neutralidade de carbono.

Os Verdes disseram que, embora a primeira rodada com o FDP tenha sido positiva, os dois lados continuam em desacordo sobre qual dos maiores parceiros deveria se unir à coalizão. Os Verdes preferem uma coalizão liderada pelo SPD, enquanto o FDP diz que CDU e CSU são seus parceiros favoritos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos