Consulado da Turquia é alvo de disparos de foguetes em Mossul

Foguetes caíram do lado de fora do consulado turco nesta quarta-feira (27) em Mossul, uma cidade no norte do Iraque, disseram à AFP uma fonte de segurança e um deputado, causando danos materiais na área.

Esses tiros ocorreram poucos dias depois que o Iraque acusou a Turquia de bombardear um centro turístico na região do Curdistão iraquiano (norte) em 20 de julho, matando 9 civis e ferindo outros 23.

Após este ataque, o Iraque exigiu que a Turquia retirasse suas forças de seu território e chamou seu encarregado de negócios para Ancara, denunciando uma "violação flagrante" de sua soberania.

A Turquia negou qualquer responsabilidade pelo ataque ao centro turístico, dizendo que o responsável foi o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), que realiza uma insurreição contra Ancara desde 1984 e opera a partir de bases de retaguarda no norte do Iraque, onde o exército turco o ataca regularmente.

Segundo uma fonte de segurança, "quatro granadas de morteiro caíram durante a madrugada de terça para quarta-feira perto do consulado turco em Mossul, na região de Al-Hadba, sem deixar vítimas, apenas pequenos danos materiais".

Os disparos não foram reivindicados.

O consulado da Turquia está localizado em uma área residencial onde, segundo um cinegrafista da AFP, houve danos em um carro civil estacionado a cerca de 100 metros do consulado e as janelas de uma das casas ficaram destruídas.

Por sua vez, o deputado da província de Nínive, cuja capital é Mossul, Shirwan Dobardani, confirmou que "quatro foguetes caíram no setor do consulado, ao norte de Mossul", fazendo referência a "danos materiais em automóveis dos moradores".

O ministério das Relações Exteriores turco denunciou "o ataque contra o Consulado Geral de Mossul nas primeiras horas de 27 de julho" em um comunicado publicado nesta quarta-feira, pedindo "às autoridades iraquianas que protejam as missões diplomáticas e consulares e levem os autores do ataque à Justiça o quanto antes".

str-lk-ak/feb/bfi/mab/zm/aa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos