Consulado de Portugal no Rio é assaltado de madrugada, e família feita refém; não houve feridos

·1 min de leitura
consulado-portugal.jpg

A Polícia Civil investiga um roubo na casa do cônsul de Portugal no Brasil, na madrugada deste sábado, dia 30. De acordo com o depoimento prestado por uma vizinha na 10ª DP (Botafogo), seis criminosos entraram com pistolas e facas por volta das 2h pela mata na Rua São Clemente, na Zona Sul do Rio, e invadiram o terreno do casarão, onde também é a sede no Consulado de Portugal no Rio. Eles fizeram funcionários de reféns e seguiram em direção a casa onde mora o cônsul com sua família. Não houve feridos.

Ainda segundo o depoimento prestado, todos os reféns, alguns amarrados, foram mantidos em um dos cômodos sob a vigilância de dois dos bandidos por cerca de 50 minutos. Ainda não há informações sobre o que foi levado pelo grupo.

Na tarde deste sábado, o delegado Alexandre Henry, titular da 10ª DP, esteve na residência, que passou por uma perícia por profissionais do Instituto Carlos Éboli (ICCE). Diligências estão sendo feitas na região.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos