Consultores do CDC revisam dados sobre doses de reforço para vacinas contra Covid-19

·1 min de leitura
Presidente de Israel, Isaac Herzog,toma terceira dose de vacina contra Covid-19

(Reuters) - Um painel de consultoria do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) irá se reunir na sexta-feira para discutir as recomendações para doses de reforço de vacinas contra a Covid-19, enquanto os Estados Unidos lidam com um aumento de casos de coronavírus causados pela variante Delta.

A reunião do comitê de consultoria de práticas de imunização do CDC também irá discutir atualizações sobre doses adicionais para indivíduos com imunidade comprometida.

Israel já começou a aplicar uma terceira dose para pessoas com 60 anos ou mais após o Ministério de Saúde do país reportar uma queda na eficácia da vacina da Pfizer na prevenção de infecções e de quadros sintomáticos da doença.

No mês passado, o principal especialista em doenças infecciosas dos Estados Unidos, Anthony Fauci, afirmou que os norte-americanos que têm imunidade comprometida podem precisar de doses de reforço.

(Reportagem de Mrinalika Roy em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos