Consumidores adiantam compras de Natal na Black Friday da Espanha

·3 min de leitura
MADRID, SPAIN - NOVEMBER 25: Posters advertise sales on the occasion of Black Friday, on 25 November, 2021 in Madrid, Spain. Black Friday is celebrated after Thanksgiving Day and is characterized by the fact that in it are launched offers in shops in the face of Christmas shopping. (Photo By Alberto Ortega/Europa Press via Getty Images)
  • Consumidores espanhóis adiantam compras de Natal na Black Friday, entre as razões, estão preços altos e medo de desabastecimento no país. (Photo By Alberto Ortega/Europa Press via Getty Images)

  • Consumidores espanhóis adiantam compras de Natal na Black Friday;

  • Entre as razões, além dos preços baixos, está o medo do desabastecimento no país;

  • Empresas do país garantem que estarão abastecidas para atender a demanda;

A melhora da situação econômica e o relaxamento das restrições após mais de um ano e meio de pandemia alimentaram a febre do consumidor pela Black Friday, que é comemorada nesta sexta-feira pelo mundo afora, apesar da grande quantidade de ofertas antecipadas. Porém, segundo o jornal El País, os temores de desabastecimento na Espanha para as compras de Natal podem fazer com que o comportamento do consumidor mude para esse período.

Leia também:

Em meio à disparada nos preços do transporte de mercadorias e da eletricidade no país, os espanhóis têm o medo de que alguns itens faltem em poucas semanas estimula o consumidor a aproveitar mais as ofertas e adiantar boa parte das compras de Natal. No último estudo de consumo feito pela Deloitte espanhola e divulgado pelo jornal, indica que a Black Friday vai concentrar 15% das compras previstas para as festas de Natal.

Empresas do país garantem que estarão abastecidas para atender a demanda

Alguns estudos, como o da empresa de comparação de preços Idealo, estimam que até 45,8% dos espanhóis comprarão parte de seus presentes de Natal na Black Friday. A fatura média de compra também vai crescer, de acordo com os dados levantados pela empresa, e para 271 euros (1690 reais) por pessoa ao longo da campanha de vendas da Black Friday.

Parte do temor, além da disparada de preços, envolve o medo de desabastecimento, causado pelo fato de que a demanda, em alguns casos em disparada, é inacessível e sobrecarrega a cadeia de abastecimento a ponto de causar falta de abastecimento em diversos setores da economia mundial, o que não seria diferente na Espanha.

Isso é influenciado pela escassez de chips, semicondutores e outras matérias-primas, bem como pelo congestionamento nos portos, o que cria problemas de armazenamento e atrasos nas entregas em todo o mundo. De acordo com o jornal El País, algumas fabricantes de brinquedos na Espanha, por exemplo, não sabem se terão seus produtos a tempo para as vendas de Natal. E no setor automotivo, há fábricas espanholas que tiveram de interromper suas atividades por falta de insumos.

Apesar dos obstáculos do mercado global, em que tudo está conectado e o que acontece em uma região da Ásia pode causar uma falta de um produto na prateleira de uma loja na Espanha, os grandes nomes da distribuição no país descartam categoricamente que haverá uma escassez de abastecimento no curto prazo, segundo alguns dos maiores varejistas espanhóis declararam em entrevista ao El País.

Empresas famosas no varejo do país, como as redes Media Markt e El Corte Inglés, afirmaram ter grandes operações de compra com seus fornecedores para garantir o armazenamento dos produtos, ambos trabalhando meses de antecedência, e por isso, declararam que estão "suficientemente preparados para que não haja problemas de abastecimento nos seus estabelecimentos", concluíram ao jornal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos