Conta de luz: consumidores ganham R$ 2,4 bi em desconto por economia

·2 min de leitura
A informação da conta de luz foi compartilhada na noite desta quinta-feira (20) pelo Ministério de Minas e Energia
A informação da conta de luz foi compartilhada na noite desta quinta-feira (20) pelo Ministério de Minas e Energia

(Getty Images)

  • Brasileiros tiveram descontos de R$ 2,4 bilhões no consumo de energia elétrica

  • Programa que concedeu bônus foi lançado para conter a crise hídrica

  • No total, o volume necessário para abastecer a Paraíba por um ano foi economizado

Os brasileiros que conseguiram reduzir o consumo de energia elétrica no ano passado obtiveram mais de R$ 2,4 bilhões em descontos. A informação foi compartilhada na noite desta quinta-feira (20) pelo Ministério de Minas e Energia.

Leia também:

Com o intuito de conter a crise hídrica, o governo federal lançou, em agosto do ano passado, um programa de economia de luz que concedia descontos a quem reduzisse o consumo entre setembro e dezembro. Esse crédito foi disponibilizado na fatura de janeiro deste ano.

De acordo com o Ministério, o total economizado, de 5,6 milhões de megawatts-hora (MWh), equivale ao consumo anual da Paraíba ou do Rio Grande do Norte. Com o volume, seria possível abastecer 32,8 milhões de famílias por mês.

Quem tem direito ao bônus

Aqueles que tiverem diminuído o consumo entre setembro e dezembro de 2021 em, pelo menos, 10% com relação ao mesmo período de 2020. A porcentagem máxima de redução que vale dentro do programa é de 20%. Para cada quilowatt-hora (kWh) do volume de energia economizado, o consumidor conta com o abatimento de R$ 0,50.

O programa beneficia somente os consumidores de baixa tensão (grupo B) e os de média e alta tensão (grupo A) das classes de consumo residencial, industrial, comércio, serviços e outras atividades, rural e serviço público, incluindo quem dispõe do benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos