Conta suspensa no Twitter não pertencia a Michelle Bolsonaro

Michelle Bolsonaro em convenção nacional do PL, no Rio de Janeiro, em 24 de julho de 2022 (Foto: Getty Images /Buda Mendes)
Michelle Bolsonaro em convenção nacional do PL, no Rio de Janeiro, em 24 de julho de 2022 (Foto: Getty Images /Buda Mendes)
  • Nas redes sociais, usuários afirmam que o perfil de Michelle Bolsonaro teria supostamente sido suspenso do Twitter

  • Segundo as publicações, a suspensão teve como motivo um episódio de intolerância religiosa por parte da primeira-dama

  • A informação, porém, é falsa. A conta suspensa não pertencia a Michelle e não foi retirada do ar por conta de intolerância religiosa

Publicações com milhares de interações nas redes sociais espalham que uma conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro teria sido supostamente suspensa no Twitter. A suspensão, segundo os conteúdos, teria ocorrido após um episódio de intolerância religiosa por parte da esposa do presidente Jair Bolsonaro (PL) contra a umbanda.

Contudo, a informação é falsa. O perfil retirado do ar era mantido por apoiadores da primeira-dama, mas não se tratava de um perfil oficial. Além disso, a conta foi suspensa por violar a política de identidades da plataforma.

Captura de tela de uma publicação que alega que Michelle Bolsonaro teve uma conta suspensa no Twitter por conta de episódio de intolerância religiosa (Foto: Facebook / Reprodução)
Captura de tela de uma publicação que alega que Michelle Bolsonaro teve uma conta suspensa no Twitter por conta de episódio de intolerância religiosa (Foto: Facebook / Reprodução)

Na noite da última segunda-feira (8), a primeira-dama Michelle Bolsonaro compartilhou em seu perfil oficial no Instagram um vídeo do ex-presidente Lula (PT) em um ritual da umbanda, ocorrido em Salvador, no ano passado.

Na legenda da postagem, Michelle escreveu: "Isso, pode, né? Eu falar de Deus, não".

Após o episódio, uma conta que utilizava o nome da primeira-dama foi suspensa no Twitter, na terça-feira (9), e usuários associaram a suspensão ao episódio de intolerância religiosa.

O perfil no Twitter, porém, não pertencia a Michelle e sim a apoiadores, como informava a própria conta em sua descrição: "Perfil dedicado a divulgar o trabalho da 37ª Primeira-dama do Brasil Michelle Bolsonaro 🇧🇷. Perfil NÃO oficial".

Veja como foram as últimas pesquisas eleitorais de 2022:

Procurada pela reportagem do Yahoo! Notícias, a assessoria de imprensa do Twitter informou que a conta @mibolsonaro "foi suspensa por violar a Política de identidades enganosas e que induzem ao erro".

No Instagram, a primeira-dama usou o seu perfil oficial para informar que não mantém contas no Twitter. De acordo com ela, somente sua conta no Instagram é autêntica:

Captura de tela de uma publicação de Michelle Bolsonaro no Instagram informando que não possui conta no Twitter (Foto: Instagram / Reprodução)
Captura de tela de uma publicação de Michelle Bolsonaro no Instagram informando que não possui conta no Twitter (Foto: Instagram / Reprodução)

Conteúdo semelhante foi analisado pelo Aos Fatos.